Fluminense vence Boavista em jogo antecipado

O Fluminense não teve dificuldades para vencer o Boavista nesta quinta-feira. A equipe do técnico Fernando Diniz venceu fora de casa por 3 a 0 no Elcyr Redense, em Saquarema, com dois gols do atacante Luciano. O resultado afundou ainda mais o time da Região dos Lagos, que amarga a última posição do grupo.

O tricolor precisou de apenas 200 segundos para abrir o placar contra o Boavista. Entretanto, pelo menos desta vez, o gol não foi marcado por nenhum jogador tricolor. O gol que abriu placar foi contra e deixou o time das Laranjeiras na vantagem logo no início da partida.

A partida contra o time de Saquarema foi adiantada. O jogo aconteceria só na próxima semana, na quinta rodada da Taça Rio. A partida foi realizada nesta quinta-feira devido a tabela do Fluminense. Isso porque o clube vai fazer o segundo jogo contra o Antofagasta-CHI, válido pela Sul-Americana, na próxima quinta.

A vitória deixou o Fluminense como líder isolado do grupo na Taça Rio. O tricolor é seguido por Volta Redonda, com seis pontos, e pelo Vasco, com cinco. Sendo assim, dependendo da combinação de resultados o Fluzão pode se garantir na decisão já na próxima rodada.

A partida marcou o reencontro do clube com Tartá. O meia de 29 anos foi uma revelação badalada do Fluminense. O jogador disputou 85 partidas e fez 9 gols pelo tricolor após estrear em 2007. Além disso, ele fazia parte do elenco campeão brasileiro em 2010.

Esse é o terceiro jogo de Tartá contra o ex-clube. O primeiro foi em 2013 pelo Criciúma, quando perdeu por 3 a 0. Na segunda vez, se enfrentaram pelo Campeonato Carioca. Ele defendia o próprio Boavista e viu o time de Saquarema vencer por 3 a 1.

Tricolor não teve dificuldades para vencer o Boavista. (Foto: Lucas Merçon | Fluminense)

O duelo

Não deu nem tempo para o Fluminense sentir dificuldade em abrir o placar contra o Boavista. Isso porque a equipe do técnico Fernando Diniz abriu o marcador logo no início. O tricolor foi salvo com um gol contra do lateral esquerdo Márcio Costa. O jogador jogou a bola contra o próprio patrimônio após cobrança de escanteio de Caio Henrique.

Com a vida inegavelmente mais tranquila, o Flu precisou apenas procurar os espaços. O Boavista foi obrigado a sair para o jogo porque está em uma situação complicada na tabela. Entretanto, não foi isso que seria visto pelo restante do primeiro tempo. Em uma boa partida desde os minutos iniciais, o tricolor foi absoluto e soberano.

Logo depois do gol, aos 9 minutos, o goleiro Rodolfo fez uma boa defesa e colocou a bola pra escanteio. Contudo, foi a única chance de perigo para o Boavista em toda a primeira etapa. A partir daí o tricolor controlou ainda mais a partida, principalmente com a posse de bola.

A boa atuação do Fluzão foi recompensada aos 38 minutos. O atacante Luciano marcou um lindo gol de letra após Everaldo chutar cruzado para dentro da área. A pelota encontrou Luciano, que empurrou a bola para o gol em grande estilo.

O Fluminense mostrou que a fase está boa logo no início da segunda etapa. O ex-tricolor Elivelton deu um bico pensando em isolar a bola, mas, ao invés disso, a bola bateu no atacante Luciano e encobriu o goleiro Rafael. Foi o segundo gol do atacante na partida.

Com o jogo decidido, o Fluminense só esperava o tempo passar. A equipe trocava passes e não deixava o Boavista chegar com perigo no gol de Rodolfo. O mais próximo foi com o atacante Mosquito, entretanto a bola saiu apenas por escanteio.

Deixe uma resposta