Valentim mantém a escalação e prega respeito diante do Avaí

Joel Silva

, Destaque, Vasco

Em meio ao sepultamento de Eurico Miranda, o Vasco encerrou a preparação para o jogo desta quinta-feira (14), contra o Avaí, em São Januário. A partida, válida pela 3ª fase da Copa do Brasil, é encarada com total seriedade. Afinal de contas, a competição é considerada a mais importante de 2019. O técnico Alberto Valentim confirmou esse pensamento pedindo atenção ao regulamento.

“Uma competição que a gente quer ir forte para conquistar coisas importantes esse ano e a Copa do Brasil é uma delas. Depois do jogo contra o Flamengo já tivemos uma conversa de que agora temos que mudar a chave, pois é uma competição com regulamento diferente”.

O elenco teve um dia a menos de treinamento já que a atividade de ontem foi cancelada por conta da morte do ex-presidente. Por conta disso, a escalação vai ser a mesma do clássico diante do Flamengo. Portanto o time vai entrar em campo com Fernando Miguel, Raul Cáceres, Werley, Leandro Castan e Danilo Barcelos; Lucas Mineiro, Raul, Yago Pikachu, Thiago Galhardo e Marrony; Maxi López. As novidades vão estar no banco de reservas. Fellipe Bastos e Andrey foram relacionados.

Um adversário conhecido

O técnico Alberto Valentim vai reencontrar o companheiro de profissão, Geninho. Os dois se conhecem bem, já que o experiente treinador comandou Valentim em 2008, no Athlético-PR. Na época, o então lateral-direito estava em fim de carreira. Conhecendo bem o comandante adversário, Alberto Valentim pregou total respeito ao Avaí, prevendo um jogo bastante difícil para o Vasco.

“Precisamos estar bem atentos nesse jogo difícil que teremos contra o Avaí. É uma equipe que possui um técnico muito experiente. Já tive o prazer de ser treinado pelo Geninho e sei como ele sabe montar muito bem os times que comanda. Além disso, o Avaí possui jogadores experientes no sistema defensivo e um ataque muito veloz. Precisamos ter muito cuidado”.

Jogar por Eurico Miranda

Para homenagear Eurico Miranda, que faleceu na última terça-feira vítima de um câncer no cérebro, o técnico Alberto Valentim deseja que o Vasco faça uma grande temporada. Uma forma de presentear o ex-presidente.

“O futebol brasileiro perdeu um grande cara, e o Vasco mais ainda por se tratar de uma pessoa que dedicou sua vida para o clube. Uma temporada com sucesso nesse ano será um grande presente para ele e para os familiares que ficaram aqui. Ele nos visitou muitas vezes no ano passado e sempre procurou passar otimismo e tranquilidade para os jogadores. Vamos procurar homenageá-lo alcançando coisas importantes ao longo do ano”.

Deixe uma resposta