Filho de ex-atacante de Botafogo e Vasco renova com time do Rio de Janeiro. Saiba quem é!

O meia Renan Donizete renovou contrato com o Boavista até março de 2023. Ele é filho do ex-atacante Donizete Pantera, Campeão Brasileiro com o Botafogo em 1995 e da Copa Libertadores da América com o Vasco em 1997. A extensão do vínculo, que ia até maio deste ano, coincide com o bom momento do jogador, que atuou os 90 minutos nos oito jogos do Boavista na atual temporada.

Apesar de ter recebido chances do técnico Eduardo Allax no Boavista, Renan chegou a ser ameaçado de ir para o banco de reservas no início da temporada. Afinal de contas, o clube acertou a contratação de Carlos Alberto, ex-Fluminense e Porto, para ser a estrela do clube no Carioca. O Panterinha, no entanto, conseguiu desbancar o experiente jogador na briga por uma vaga entre os titulares.

Nos últimos dias surgiram informações sobre o interesse de clubes do México pelo atleta. Donizete, que é ídolo do Tecos UAG, garante não ter recebido nenhuma oferta pelo filho. Renan Donizete é um dos destaques do Boavista no Campeonato Carioca. Nesse ínterim, ele disputou oito partidas e marcou um gol na partida contra o Resende na primeira rodada da Taça Guanabara.

A carreira

Hoje com 23 anos, Renan Donizete, que tinha compromisso com o Boavista até maio de 2019, foi revelado nas divisões de base do Vasco. Ele ficou dois anos em São Januário. Atuou pelo time Sub-13 Cruzmaltino entre 2007 e 2008. Após passar pela base do Vasco, Renan, vinculou-se ao Flamengo em junho de 2008. No Rubro-Negro, o meia ficou por dez temporadas onde destacou-se nos time Sub-17 e Sub-20.

Em 2014, Renan Donizete foi promovido aos profissionais por Vanderlei Luxemburgo. Ao lado de Mattheus, filho do tetracampeão Bebeto e de Igor Sartori, filho do ex-atacante Alcindo, o Panterinha era considerado uma das promessas da base rubro-negra.

Renan, no entanto, colecionou uma série de problemas extracampo e foi rebaixado a equipe Sub-20. Na época, ele foi acusado de agredir a namorada, e no ano seguinte foi afastado pela diretoria. Com isso, não disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior por estar acima do peso ideal após uma lesão no joelho direito.

Em 2015, o jogador não teve o contrato renovado após estourar o limite de idade para atuar nos juniores. Como não seria utilizado por Muricy Ramalho no time principal, o clube optou em liberar o atleta.

Após deixar o Flamengo, Renan Donizete teve uma breve passagem pelo America onde não fez gol nas cinco partidas que disputou entre a Série B do Campeonato Carioca e Copa Rio de 2018.

Deixe uma resposta