“Estão todos indignados”, comenta Abel sobre pênalti marcado para o Vasco

Filipe Carbone

, Flamengo

O empate em 1 a 1 contra o Vasco no Maracanã neste sábado teve um gosto amargo para os rubro-negros e para o técnico Abel Braga. Isso porque o Cruz-maltino marcou um gol de pênalti aos 50 minutos da segunda etapa. A marcação da grande penalidade tirou os três pontos do Flamengo na competição no apagar das luzes.

Apesar de ter tido a chance de marcar o gol da vitória poucos minutos antes, o rubro-negro desperdiçou a oportunidade de vencer o clássico. O jogo acabou e a torcida foi embora, mas para Abel Braga o resultado vai ser difícil de engolir. Isso porque o treinador não concordou com a marcação da penalidade. Após a partida, Abel ironizou a arbitragem e disse “estar achando graça”.

“Jogador, direção, estão todos indignados. Porque você escutar agora um comentário de arbitragem de que houve um leve toque. Contra nós não foi falta. Mas estou achando engraçado, no Bruno Henrique não houve? Vamos ficar sérios quando pensarmos em quarta-feira. À meia-noite vamos ficar sérios, até lá vou rir muito, te juro”.

Arrascaeta em ação pelo Flamengo
Arrascaeta marcou o gol do Rubro-negro no clássico. (Foto: Alexandre Vidal | Flamengo)

Lance semelhante

O técnico do Flamengo não se mostrou satisfeito com a arbitragem muito em função do esforço que a equipe teve durante a partida. Um dos principais motivos pela irritação de Abel é que o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães não marcou falta para o Fla em um lancem muito parecido com o do pênalti.

“Estou achando graça até agora. Foi engraçado. A gente lamenta por causa da luta que teve, jovens jogadores, heróis, representaram a camisa. Mas é engraçado todos saíram com raiva, mas eu achei tudo muito engraçado. Você tem as imagens, você vê antes do gol tem lateral nossa que dá contra. E um minuto antes, o cara empurra, para ele não ter dado isso não poderia ter dado pênalti nunca. Esse é o futebol do Rio, não tem torcida, abre no meio do jogo, depois não quer crítica”.

Deixe uma resposta