“Rodinei chorou”, afirma técnico Abel Braga

O gol perdido por Rodinei fez muita falta ao Flamengo, no empate, em 1 a 1, com o Vasco. Aos 47 minutos do segundo tempo, o lateral, que estava jogando na ponta, recebeu passe de Bruno Henrique de frente para o gol, completamente vazio. Mas, o defensor não contava que Danilo Barcelos conseguisse interceptar o chute dele.

Logo depois do gol perdido, o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães, apontou pênalti de Matheus Thuler em Marrony. Maxi Lopez cobrou e empatou a partida. A sequência de lances abateu e muito Rodinei. Pelo menos, é o que diz o técnico Abel Braga. De acordo com o treinador, o lateral foi às lágrimas no vestiário.

“Foi uma partida muito boa, como nosso gol foi lindo. Mas depois essa última jogada do Rodinei, uma pena. O jogador do Vasco estava batido, mas ele viu o gol aberto e chutou, a bola bateu nele. Isso fiquei triste, Rodinei chegou a chorar”, disse Abel Braga em coletiva de imprensa, logo depois do fim da partida.

“Qualquer um passaria por isso”, diz volante

Rodinei perde gol contra o Vasco
Logo depois de gol perdido de Rodinei, Flamengo sofreu o empate no clássico (Foto: Reprodução | Premiere)

Abel Braga não foi o único a defender Rodinei no Flamengo. Um dos jogadores mais queridos no elenco rubro-negro, o lateral conta com o apoio dos jogadores para superar o gol perdido no clássico. Titular contra o Vasco, o volante paraguaio Robert Piris da Motta afirmou que qualquer atleta esta sujeito a perder gols: “Temos que esperar acabar o jogo. O Rodinei errou o gol, mas qualquer ser humano poderia passar por isso. Agora, temos que focar no jogo de quarta-feira”, afirmou o volante.

Rodinei deve voltar para o banco de reservas, nesta quarta-feira (13), contra a LDU, no Maracanã. Isso pois Pará, poupado contra o Vasco, é o titular da lateral direita do Flamengo. As duas equipes se enfrentam às 21h30, horário de Brasília, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Deixe uma resposta