Permanência de atacante pode cravar saída de Everaldo

O Fluminense faz questão da permanência de Marquinhos Calazans, nesta temporada. O atacante chegou a ser sugerido pelo São Paulo, numa troca por Nenê. Entretanto, o Tricolor quer ter o Camisa 30 no elenco. Mas, a insistência da equipe carioca no atacante pode significar a saída de outra opção de velocidade do Fluminense.

Everaldo, titular em todos os jogos do Fluminense nesta temporada, está muito perto de um acerto com o Cruzeiro. O atacante de 24 anos está emprestado ao Tricolor, pelo Velo Clube-SP, até maio deste ano. Além disso, o Tricolor tem prioridade na compra do jogador, com multa de R$ 2 milhões, por 50% dos direitos federativos.

Entretanto, as coisas não parecem ser tão fáceis entre Fluminense, Everaldo e Velo Clube-SP. Afinal, o Tricolor sofre com salários atrasados desde a temporada passada. Assim, seria difícil para o clube pagar pelo atacante. Além disso, o Fluminense teria que fazer um novo contrato com o Camisa 37.

Staff quer negociar atacante

Atacante Everaldo ainda pertence o Velo Club-SP (Foto: Reprodução | Velo Clube)

A obrigação de um novo contrato com Everaldo se dá pois o empréstimo ao Fluminense não contém nenhuma cláusula de compra pré-estabelecida. Assim, o Tricolor teria que negociar um novo acordo com o atacante. Mas os empresários do Camisa 37 não parecem querer a permanência do jogador no clube.

Uma renovação de Everaldo com o Fluminense esbarra nos constantes atrasos de salários do clube, responsável por 100% dos vencimentos do atacante. Assim, os empresários pretendem aproveitar a valorização do Camisa 37 para negociá-lo assim que possível. Entretanto, Everaldo só pode ser vendido com a permissão do Tricolor, por conta do contrato de empréstimo até maio.

Em meio ao imbróglio, o Cruzeiro aguarda a posição do Fluminense e do Velo Clube-SP para dar um passo por Everaldo. Além disso, o Grêmio também observa a situação do atacante. Já o Tricolor Carioca segue buscando formas de quitar às dívidas do Camisa 37 para poder revendê-lo para algum interessado.

Empresário de Calazans não dá nada como decidido

Empresário de Marquinhos Calazans admite resistência do Fluminense (Foto: Lucas Merçon | Fluminense)

Com o impasse em relação a Everaldo, o Fluminense quer a permanência das opções de velocidade que já tem. Assim, faz questão de não envolver Marquinhos Calazans na negociação com o São Paulo por Nenê. Entretanto, o empresário do atacante, Marcelo Bastos, deixou o futuro do jogador em aberto. Em entrevista ao NetFlu, o agente afirmou que, no futebol, tudo pode mudar.

“O Fluminense não deu sinal verde pra gente. Tem que ter um “ok” deles pra gente avançar. De acordo com a informação que eu tive, o clube não vai incluir o Calazans nesse negócio com o Nenê. Futebol tudo muda, é tudo muito rápido às vezes. Mas nesse momento ele não sai, porque Fluminense não tem interesse. Pode ser que amanhã os dirigentes se entendam, mudem de ideia e me chamem para uma conversa. Futebol é dinâmico”, concluiu o agente.

Deixe uma resposta