Mãe do técnico Tite morre aos 83 anos

Morreu, na tarde deste sábado (09), Dona Ivone Bachi, mãe do técnico da Seleção Brasileira, Tite. Dona Ivone tinha 83 anos e morreu de causas naturais, na casa onde vivia, no bairro Ana Rech, em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha.

Dona Ivone Bachi foi uma das grandes incentivadoras de Tite no futebol. A mãe do treinador era o motivo das comemorações e o colo nas derrotas. Durante a última Copa do Mundo, Dona Ivone carregava sempre uma camisa do Brasil no colo, nos jogos da Seleção, no Mundial.

Além disso, foi com Dona Ivone Bachi que Tite comemorou o título do Mundial Interclubes de 2012, conquistado pelo Corinthians. A mãe do técnico da Seleção Brasileira será velada ainda na noite deste sábado (09), no Memorial São José de Caxias do Sul. O enterro será realizado no Cemitério Parque de Caxias do Sul, na manhã do domingo (10).

Mãe de Tite recebe homenagens do mundo do futebol

Jogadores de Caxias e Juventude prestam homenagem à mãe de Tite (Foto: Reprodução | Premiere)

Mesmo que não tenha ligação direta com o futebol, Dona Ivone Bachi recebeu homenagens do mundo da bola. No clássico entre Caxias e Juventude, neste sábado (09), foi respeitado um minuto de silêncio pela memória da mãe de Tite. O treinador é um dos grandes ídolos da história do Caxias, tendo conquistado o Campeonato Gaúcho de 2001. O Falcão Grená acabou batendo o Papo, por 3 a 0.

Ídolo também no Corinthians, Tite também recebeu condolências do Timão. Em postagem no Twitter, o clube paulista lamentou a morte de dona Ivone Bachi. Além disso, o Corinthians desejou força a familiares e amigos da família.

Antes da Copa do Mundo, Tite comentou sobre a importância de Dona Ivone Bachi na sua vida profissional e pessoal. O treinador exaltou a relevância da família no crescimento dele como treinador: “Eu só cheguei até aqui porque eu tive uma grande mãe, um grande pai e um grande irmão”, disse Tite.

Deixe uma resposta