Com moral, garoto da base treina entre os titulares

Paulo Chagas

, Flamengo

Mesmo que não tenha sido titular na campanha que deixou o Brasil de fora do Mundial Sub-20, Matheus Thuler voltou com moral ao Flamengo. Logo depois de ficar alguns dias de folga por conta da disputa do Sul-Americano da categoria, o zagueiro deve ser titular contra o Vasco, no clássico deste sábado (09).

Uma das principais revelações do Flamengo nos últimos anos, Matheus Thuller é um dos que menos recebeu oportunidades na sua geração. Enquanto antigos colegas da base engataram uma boa sequência de jogos, o zagueiro não entra em campo pela equipe rubro-negra desde agosto do ano passado. Foram apenas 12 partidas no ano passado.

Além das poucas oportunidades, Matheus Thuler tem que lidar com a briga por vaga no time titular. Afinal, as permanências de Rhodolfo e do antigo parceiro da base Léo Duarte, além da chegada de Rodrigo Caio, reduzem, em tese, as chances do zagueiro aparecer no onze inicial. Entretanto, as coisas parecem ter mudado de figura.

Com o Flamengo disputando vários campeonatos nesta temporada, o técnico Abel Braga aposta na rotatividade do elenco, para que a equipe chegue em condições de disputar todos os títulos. Assim, é possível que Matheus Thuler apareça mais vezes entre os titulares do Rubro-Negro.

Zagueiro renovou com o Flamengo por quatro anos

(Foto: Reprodução | Flamengo)
Matheus Thuler renovou com o Flamengo no ano passado (Foto: Reprodução | Flamengo)

Mesmo que tenha apenas 13 jogos como profissional, Matheus Thuler ainda é visto como um dos grandes nomes do Flamengo para o futuro. Afinal, o zagueiro teve o seu contrato renovado até o final de 2023. Além disso, esteve entre os 30 inscritos do Rubro-Negro, nas últimas duas edições da Copa Libertadores da América.

Com Thuler no comando da zaga, o Flamengo deve entrar em campo contra o Vasco com: César; Rodinei, Matheus Thuler, Hugo Moura e Trauco; Piris e Ronaldo; Éverton Ribeiro, Arrascaeta e Vitinho; Vítor Gabriel. As duas equipes se enfrentam neste sábado (09), às 19h, horário de Brasília, no Maracanã.

Deixe uma resposta