Zagueiro se emociona em apresentação no Fluminense

Um dos principais alvos do Fluminense no mercado finalmente foi apresentado. O zagueiro Nino, de 21 anos, foi contratado junto ao Criciúma e chega para reforçar a zaga do Flu, logo depois da saída de Ibañez para a Atalanta-ITA.

O defensor foi emprestado por uma temporada ao Tricolor, a pedido do técnico Fernando Diniz.

Nascido em Recife, Nino passou pelas categorias de base do Mogi Mirim, antes de chegar ao Criciúma. O zagueiro se emocionou ao lembrar da passagem dele pela equipe do interior de São Paulo. O defensor afirmou que teve poucas oportunidades na equipe e chegou a pensar em desistir do futebol.

“Há cinco anos eu não estava sendo relacionado para os jogos no Mogi Mirim, estava triste, querendo desistir do meu sonho de infância, e tive a força da minha família para continuar. Então eu estar aqui hoje é pelo apoio da minha família. Me emociona porque realmente eu estava muito perto de desistir”, disse Nino.

Nino conseguiu superar as dificuldades. Afinal, se tornou um dos destaques do Criciúma nas últimas temporadas. No Fluminense, o zagueiro irá reencontrar antigos companheiros da base do Tigre. O lateral esquerdo Marlon e o volante Dodi surgiram na mesma geração do defensor e devem ajudá-lo na adaptação ao clube e ao Rio de Janeiro.

Nino promete técnica e muita vontade pelo Flu

Um dos motivos pelos quais Fernando Diniz pediu pela contratação de Nino foi a capacidade técnica. Zagueiro de muita velocidade e de bom passe, o defensor de 21 anos se encaixa no estilo de jogo proposto pelo treinador no Fluminense. Mas não é só isso que o zagueiro quer mostrar pelo Tricolor. Nino prometeu muita vontade e dedicação com a camisa do Flu.

“Eu me considero um jogador técnico, com uma boa velocidade, mas um jogador que se entrega, com raça e com vontade. A torcida pode esperar isso de mim. Muito trabalho e muita disposição para que na hora do jogo dê tudo certo”, concluiu Nino.

Há três dias treinando com o elenco do Fluminense, Nino deve ser relacionado para o jogo desta quarta-feira (06), contra o Ypiranga-RS, pela segunda fase da Copa do Brasil. No estágio anterior, o Tricolor bateu o River-PI, por 5 a 0. Para avançar para a terceira fase, a equipe carioca precisa vencer por qualquer placar no tempo normal. O empate leva a partida para os pênaltis.

Deixe uma resposta