Concorrência, números e inscrição no BID: a chegada de Nino no Fluminense

Marcilio Florencio Mota Filho já está inscrito no BID e pode estrear pelo Fluminense do técnico Fernando Diniz. Na realidade, o novo zagueiro que chegou no tricolor é conhecido apenas como Nino e chegou por empréstimo de uma temporada do Criciúma.

Pedido pelo treinador Diniz, o jogador foi inscrito no BID na última sexta-feira e já pode estrear pelo tricolor na Copa do Brasil. A equipe vai jogar contra o Ypiranga no Maracanã. A partida acontece nesta quinta-feira.

Com apenas 21 anos de idade, Nino foi um dos destaques dos Criciúma na Série B e em toda última temporada. O jogador fez 46 jogos e foi titular em todos eles. Além disso, conseguiu marcar um gol também pela Série B. A boa temporada rendeu ao atleta a indicação de Fernando Diniz para vestir a camisa do Fluminense.

Zagueiro foi o que mais desarmou na Série B no ano passado. (Foto: Divulgação | Criciúma)

Com 1,88, o jogador conta com um bom porte físico, o que faz ele ser rápido apesar da altura. De acordo com o site de estatística FootStats, Nino foi o jogador que mais roubou bolas em toda a Série B de 2018. Ao todo foram 52 desarmes corretos. Além disso, ele conta com um bom número de rebatidas defensivas: foram 256 ao longo da competição.

Uma das estatísticas que talvez tenha mais chamado a atenção do técnico das Laranjeiras seja o bom desempenho na passagem de bola. O jogador tentou 716 passes e concluiu 95,3% dele. O estilo de bom passe e boa saída de bola combina perfeitamente com o estilo do técnico Fernando Diniz.

Com quem vai disputar vaga

Jogador chegou pra disputar posição no Flu. (Foto: Divulgação | Fluminense)

O Fluminense contratou outra peça para a zaga nesta semana: Léo Santos, ex-zagueiro do Corinthians se apresentou nas Laranjeiras e já até atuou pela equipe no empate contra o Resende. O jogador chegou por empréstimo até o fim da temporada.

Além de Léo Santos, Nino também vai ter que disputar a vaga com Digão e Matheus Ferraz, que são dados como titulares incontestáveis. No banco de reservas e também no aguardo de uma oportunidade, Nino terá que mostrar trabalho para ficar na frente de Paulo Ricardo e o jovem Frazan.

Deixe uma resposta