Vasco faz boa partida e vence o Boavista pela Taça Rio

O Vasco venceu o Boavista por 2 a 0 na tarde deste sábado. Jogando em São Januário, o time do técnico Alberto Valentim conseguiu manter o retrospecto positivo e segue sem perder no Campeonato Carioca. O resultado deixou a equipe em na primeira colocação do Grupo A empatado com o Fluminense. As duas equipes tem a mesma quantidade de número, gols e saldo.

Apesar de começar a partida em um ritmo mais lento, o Vasco se reencontrou em campo e conseguiu a vitória. Bruno César, mesmo sem estar na forma ideal, mostrou excelente qualidade técnica. O talento do veterano formou uma boa dupla com o recém chegado Rossi e contou com a juventude de Marrony para fazer o Vasco terminar a partida com a vantagem no marcador.

O Cruz-maltino entrou em campo sem uma das referências no ataque. Maxi Lopes sequer foi relacionado para a partida devido um tratamento de saúde. Com a vitória, o Vasco se recuperou do empate contra o Botafogo na primeira rodada e voltou a vencer na competição.

O confronto

Equipe venceu o Boavista e segue 100% na competição. (Foto: Divulgação | Vasco)

O Vasco começou a partida tomando um susto do Boavista. Logo nos três primeiros minutos a equipe do interior do Rio chegou bem após lançamento e Douglas Pedroso cabeceou pra fora. E o Boavista seguiu partindo pra cima do Vasco, mostrando um começo superior do que o da equipe da casa.

Mesmo com a má atuação, o Vasco achou um pênalti pouco depois da parada técnica. Contudo, após grande pressão dos jogadores do Boavista, o juiz acabou desmarcando a marcação com o auxílio do auxiliar de linha de fundo.

O Vasco saiu na frente com o gol do jovem Marrony. O prata da casa pegou o rebote da cobrança de falta e colocou cruz-maltino na frente do placar. Ribamar quase ampliou o placar após acertar um cruzamento raspando na trave. O Boavista quase empatou a partida faltando um minuto para acabar o primeiro tempo, mas a bola saiu mascada e Fernando Miguel defendeu.

Logo no início do segundo tempo Bruno César fez excelente passe e Rossi arrancou na velocidade e chutou por cima do goleiro, ampliando o placar em São Januário. Com a vantagem no placar, o Vasco passou a jogar de forma mais cadenciada e controlando os espaços para impedir as chegadas do Boavista.

Após o segundo gol o Vasco se defendia das poucas boas chegadas criadas pelo Boavista e tentava se arriscar no contra-ataque. A defesa boa postada impedia a chegada do time de Saquarema.

Mosquito, meia do Boavista, levou cartão vermelho aos 47 minutos do segundo tempo após entrada desleal no jogador do Vasco quando a bola estava saindo pela lateral.

Deixe uma resposta