Valentim reforça boa atuação do Vasco após vitória contra o Boavista pela Taça Rio

Filipe Carbone

, Vasco

O time do Vasco está em lua de mel com o técnico Alberto Valentim. Após a vitória por 2 a 0 contra o Boavista neste sábado, a equipe aumentou a invencibilidade na competição após derrotas o time do interior do Rio em São Januário.

Antes da partida o treinador fez mudanças que espantaram os torcedores, como deixar Yago Pikachu no banco de reservas. Se por um lado os engenheiros de obra pronta estavam prontos para criticar a decisão do treinador, por outro tiveram que elogiar a escolha de Alberto Valentim.

Após a partida, o técnico da equipe que está invicta na competição conversou com a imprensa e falou sobre a postura da equipe em campo, a decisão de deixar Pikachu no banco e sobre o desempenho que os laterias vêm tendo durante o Campeonato Carioca.

Decisão sobre deixar Pikachu no banco

Valentim falou sobre a vitória do Vasco contra o Boavista. (Foto: Divulgação | Vasco)

“Pikachu ficou no banco porque todos tÊm de estar atentos para jogar.
Não existe 11 titulares. Precisávamos dar um pouco mais de ritmo para o Rossi. Queríamos vencer o jogo, mas também dando mais ritmo para aqueles que chegaram depois e não têm a minutagem que alguns têm. Importante falar: eu gostaria de fazer isso com todos. Como era um jogo muito importante, para mexer tudo de uma vez só fica difícil”
, disse o treinador.

Atuação da equipe

“Eu achei muito boa (a atuação), mas fizemos outras partidas boas, também, tecnicamente falando. Não sofremos, como você falou. Na jogada que antecedeu nosso segundo gol, o Fernando fez uma grandíssima defesa. Gostei muito do jogo”.

Importância dos laterais

“As peças são importantes. Meus laterais são importantes. Fazemos muitas jogadas pelas beiradas, mas eles têm muita função defensiva. É um mérito enorme dos conceitos que defendemos. Como jogar, nos posicionar, mas é importante lembrar que a marcação começa lá na frente, na forma em que começamos a marcar também. Os jogadores estão sendo muito generosos”.

Dupla Thiago Galhardo e Bruno César

Camisa 10 fez boa atuação na partida deste sábado. (Foto: Divulgação | Vasco)

“Se for olhar, o Thiago e o Raul, o Thiago é mais ofensivo. Consegue fazer camisa 10, beirada. O Raul é um volante que ora faz primeiro, ora faz segundo. Ele consegue chegar à área, consegue chegar à linha de fundo. Olhando, até ficou mesmo mais ofensivo, porque você tem menos poder defensivo, menos força para marcar. O Thiago tem uma bola mais refinada que o Raul, por ser mais técnico, mas eu achei que foi igual em relação quando jogamos com segundo volante, pelas características dos jogadores que temos. Gostei da dupla Thiago e Bruno”, finalizou.

O Vasco agora se prepara para o clássico contra o Flamengo. As equipes se enfrentam no próximo sábado, às 19h, no Maracanã.

Deixe uma resposta