Daniel Alves comemora retorno à Seleção após lesão: “É uma recompensa de toda dedicação e espera”

Na última quinta-feira (28), o lateral-direito Daniel Alves recebeu a notícia que voltaria a defender a Seleção Brasileira. O jogador do Paris Saint-Germain foi convocado para os amistosos contra Panamá e República Tcheca.

“Estou muito feliz. É um dia que sobram as palavras pela emoção que estou sentido”.

O atleta de 35 anos não era chamado por Tite desde março de 2018. Na ocasião, o Brasil venceu a Alemanha por 1 a 0, em amistoso que foi disputado em Berlim. Durante uma partida do Paris Saint-Germain pela Copa da França, o jogador sofreu uma lesão no joelho direito que o tirou do Mundial, na Rússia.

Daniel Alves, que tem vaga certa na Seleção Brasileira desde 2006, não escondeu a emoção de voltar a vestir a camisa amarelinha.

“É um daqueles dias peculiares na minha vida, onde sobram as palavras e ficam os sentimentos, as sensações de toda aquela dedicação, aquela espera, aquele esforço – eles valeram a pena. Poder estar de volta é uma recompensa a tudo isso. Só fortifica minha ideia, o meu respeito à minha profissão, meu respeito à minha vida profissional. Tenho certeza de que isso vai me levar muito, muito mais além, porque vou me dedicar para isso, vou me comprometer.”

Daniel Alves terá a oportunidade de representar o Brasil nos dois últimos amistosos antes da convocação para à Copa América. Os jogos serão respectivamente, em 23 e 26 de março, na cidade do Porto, em Portugal, e em Praga, capital Tcheca.

Além de Daniel Alves, Tite também chamou Danilo, do Manchester City-ING, para a lateral direita.

CONFIRA A LISTA COMPLETA DOS CONVOCADOS DA SELEÇÃO BRASILEIRA:

Goleiros: Alisson (Liverpool-ING), Éderson (Manchester City-ING) e Weverton (Palmeiras)

Laterais: Daniel Alves (PSG-FRA), Danilo (Manchester City-ING), Filipe Luís (Atlético de Madrid-ESP) e Alex Sandro (Juventus-ITA)

Zagueiros: Miranda (Internazionale-ITA), Thiago Silva (PSG-FRA), Marquinhos (PSG-FRA) e Éder Militão (Porto-POR)

Volantes: Casemiro (Real Madrid-ESP), Arthur (Barcelona-ESP), Fabinho (Liverpool-ING) e Allan (Napoli-ITA)

Meio-campistas: Philippe Coutinho (Barcelona-ESP), Felipe Anderson (West Ham United-ING), Lucas Paquetá (Milan-ITA) e Éverton (Grêmio)

Atacante: Roberto Firmino (Liverpool-ING), Gabriel Jesus (Manchester City-ING), Richarlison (Everton-ING) e Vinícius Júnior (Real Madrid-ESP)

Deixe uma resposta