Com gols relâmpagos, Flamengo bate Portuguesa

Paulo Chagas

, Flamengo

O Flamengo bateu a Portuguesa, por 3 a 1, na noite desta quinta-feira (28), no Estádio Raulino de Oliveira. Gabigol, duas vezes, e Bruno Henrique marcaram para o Rubro-Negro. Já PK marcou o gol da Lusa na partida. Com o resultado, o Mais Querido se mantém na liderança do Grupo C da Taça Rio, com seis pontos. Já a Lusa segue na lanterna do Grupo B, sem pontos.

Flamengo amassa no primeiro tempo, freia ritmo, mas garante vitória

O início do Flamengo foi avassalador. Com cinco minutos, o Rubro-Negro já vencia por 2 a 0. Logo aos 4 minutos, Gabriel Barbosa cobrou escanteio na área e Bruno Henrique subiu mais do que todo mundo para abrir o placar. Logo depois, o Mais Querido faria o segundo na partida. O Camisa 28 roubou bola na intermediária e devolveu a gentileza a Gabigol que, em posição irregular, estufou as redes da Portuguesa.

Pressionando muito e com muita movimentação, o Flamengo seguiu superior à Portuguesa. Bruno Henrique levou perigo duas vezes, em boas jogadas, mas viu o goleiro Ruan salvar a Lusa, no Raulino de Oliveira. Gabigol ainda perdeu gol incrível, em cabeçada de frente para o gol.

Mas o ritmo do Flamengo caiu ainda na primeira etapa. Sem manter a mesma intensidade do início do jogo, o Rubro-Negro não conseguiu transformar a vantagem em goleada. Mesmo após o intervalo, a equipe não conseguiu aumentar a pegada, salvos Bruno Henrique e Gabigol, que tiveram algumas oportunidades.

Em uma dessas oportunidades, o Flamengo chegou ao terceiro gol. Renê trouxe por dentro e, quase como um volante, lançou Gabriel Barbosa na área, que bateu de direita, sem chances para Ruan. O Camisa 9 ainda teve uma chance de completar o hat-trick, após passe de Pará. Entretanto, a bola bateu na trave da Portuguesa.

A Portuguesa demorou a responder à pressão do Flamengo. Pior ataque do Campeonato Carioca, com apenas um gol marcado, até então, a Lusa justificou a falta de criatividade ofensiva durante todo o jogo. Entretanto, aproveitou uma das únicas oportunidades que teve na partida.

Após erro de passe de Arrascaeta, Douglas Eskilo lançou PK, que tocou na saída de Diego Alves e diminuiu para a Portuguesa. A nova falha do grande reforço rubro-negro causou incômodo na torcida que estava no Raulino de Oliveira. Alguns vaiaram o uruguaio, enquanto outros aplaudiram em demonstração de apoio. O Camisa 14 também errou um passe na eliminação para o Fluminense, no primeiro turno.

A Portuguesa quase fez o segundo, em cobrança de falta de Emerson, mas o jogo terminou em 3 a 1 para o Mais Querido. Com o resultado, o Flamengo se mantém na liderança do Grupo C da Taça Rio, com seis pontos ganhos em dois jogos.

Deixe uma resposta