Botafogo chega a acordo e Leandro Carvalho vai defender o Vozão

Filipe Carbone

, Botafogo

Chegou ao fim a curta história do atacante Leandro Carvalho com o Botafogo. O jogador está de volta ao Ceará após uma curta passagem pelo alvinegro. Com apenas 23 anos, Leandro disputou apenas 10 jogos com a camisa do Glorioso. Ele havia voltado de empréstimo do Vozão no início desse ano.

Com o acerto entre os clubes, o Ceará adquiriu 60% dos direitos do jogador por R$ 3,6 milhões com contrato de três anos. Antes, os direitos eram divididos entre Botafogo e Paysandu, onde cada equipe tinha 50% do atleta. Na negociação, o Fogão cedeu 40% por R$ 3 milhões enquanto o Papão vai receber R$ 600 mil pelos 20%.

O jogador chegou a se despedir do Botafogo em uma rede social, mas apagou a publicação em seguida. De volta ao Ceará, o atacante defendeu a equipe em 2017, emprestado do Paysandu, e acabou se transferindo para o Botafogo. Leandro não conquistou espaço na equipe do Rio e realizou apenas quatro jogos. Pouco depois voltou para o Ceará.

Na última passagem pelo clube ele marcou cinco gols em vinte jogos. Agora, com o fim dos empréstimos desenfreados em cima do atacante, ele terá a oportunidade de se firmar no Vozão para tentar repetir a boa temporada que fez no ano passado.

Vai e volta

Desde o início da carreira, em 2014, Leandro sofre com a sequência de empréstimos que impedem com que ele crie uma estabilidade nos clubes. Depois de duas temporadas no Paysandu, clube onde foi revelado, foi emprestado para o Penapolense.

Após onze jogos pelo clube, voltou ao Paysandu, onde só realizou duas partidas antes de ser emprestado novamente. O destino da vez foi o Tuna Luso. No entanto, desta vez o atacante sequer entrou em campo e retornou para o Papão sem realizar uma partida.

Voltando para a equipe que o revelou no futebol, Leandro teve a sua melhor sequência: jogou 24 partidas e marcou quatro gols. E foi então que o atleta chegou pela primeira vez no Ceará, também por empréstimo.

Após jogar pelo Vozão, foi adquirido pelo Botafogo e voltou a ser emprestado para o Ceará, que acabou comprando o atleta definitivamente.

Deixe uma resposta