Gabigol comemora primeiro gol pelo Flamengo

Paulo Chagas

, Flamengo

A goleada sobre o Americano não é a única coisa comemorada no Flamengo. Gabigol finalmente balançou as redes com a camisa rubro-negra. O Camisa 9 marcou o terceiro gol na vitória do Mais Querido, por 4 a 1, neste domingo (24), no Maracanã. E o atacante exaltou a sua evolução, com o Flamengo.

Logo depois do fim do jogo, Gabriel Barbosa afirmou que está muito feliz por ter marcado o primeiro gol dele com a camisa do Flamengo. Além disso, agradeceu aos colegas de que equipe, que, de acordo com ele, vem o ajudando a crescer.

“Foi um gol importante, mas como falei, estou muito feliz, muito contente. Venho evoluindo. Fico preocupado quando jogo mal. Mas estou muito bem, graças a Deus. Meus companheiros estão me ajudando muito. Glorificar a Deus por esse momento”, disse Gabigol.

Diego acredita que equipe pode melhorar

Diego e Vitinho em ação pelo Flamengo

O meia-atacante Diego é um dos artilheiros do Flamengo na temporada, com três gols (Foto: Alexandre Vidal | Flamengo)25

Quem também balançou as redes neste domingo (24) foi Diego. O meia rubro-negro fez o gol que fechou a goleada sobre o Americano, logo depois de jogada de Orlando Berrío. Artilheiro do Flamengo na temporada, ao lado de Bruno Henrique, com três gols, o meia exaltou o resultado contra o Americano.

Para Diego, o Flamengo fez um bom jogo contra o Americano. Entretanto, o Camisa 10 admite que o Rubro-Negro precisa aproveitar ainda melhor as oportunidades que tem. O meia ainda disse que é preciso seguir trabalhando para atingir os objetivos da equipe neste temporada.

“Fizemos um bom jogo. Em um ou outro momento temos de ser mais oportunistas. Sabemos que no futebol um detalhe faz diferença. Lógico que saímos daqui satisfeitos, felizes, mas temos de ter humildade e trabalho para acertar esses detalhes. É uma temporada muito dura, difícil, e temos de estar perto da perfeição”, afirmou Diego.

Nesta quinta-feira (28), o Flamengo pega a Portuguesa, às 21h, horário de Brasília, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. O Mais Querido é líder do Grupo C, com três pontos, mas com dois gols a mais que a Cabofriense.

“Foi fundamental”, afirma técnico após goleada