Erik elogia companheiro de ataque e projeta jogo do Botafogo pela Copa do Brasil

Após o empate em 1 a 1 com o Vasco, na estreia das equipes na Taça Rio, o técnico do Botafogo, Zé Ricardo, lamentou o fato da equipe só ter se encontrado no jogo a partir dos 30 minutos. Luiz Fernando, que voltou a atuar mais adiantado, foi criticado pela atuação. Seu companheiro de ataque, Erik, que atuou mais centralizado, como um centroavante, defendeu o atleta e afirmou que todos foram mal no primeiro tempo e a mudança de postura e troca de posições na etapa final foram fundamentais para a equipe chegar ao empate.

“Luiz Fernando é um grande jogador, tem um potencial enorme. Não só ele foi muito abaixo no primeiro tempo, eu também fui muito abaixo. Todo mundo foi. Reconhecemos isso, voltamos com outra postura no segundo tempo, fizemos troca de posições, e isso foi muito importante para trocarmos os passes, conseguirmos o empate e, por pouco, não ter saído com a vitória”, declarou.

Ainda no primeiro tempo, Erik teve uma boa oportunidade de balançar as redes. No entanto, o atacante acabou chutando para fora. O jogador comentou o lance.

“O Fernando acabou fechando muito bem. Tentei tirar dele, mas acabei tirando demais. Por um detalhe não saímos com a vitória”, disse.

Copa do Brasil

O próximo compromisso do Botafogo é na quarta-feira (27), contra o Cuiabá, às 21h30 (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, em partida válida pela segunda rodada da Copa do Brasil. Erik vê o duelo como uma decisão, já que quem perder está fora. O atacante afirmou que o Botafogo está preparado para todas tiver pela frente e projetou um grande jogo.

“O trabalho está sendo bem feito. A gente está preparado para todas as decisões que têm pela frente. Acredito que vai ser um grande jogo e espero que o Botafogo saia classificado”, concluiu.

Demissão, dispensa de jogadores e falta de dinheiro, ex-zagueiro abre o jogo sobre passagem pelo Botafogo