Pikachu quer manter a invencibilidade e projeta clássico: “É um rival conhecido”

Joel Silva

, Destaque, Vasco

O técnico Alberto Valentim fechou o treinamento desta sexta-feira (22), véspera do clássico diante do Botafogo, no Nilton Santos. Mistério no ar para a estreia na Taça Rio. Tanto que nem o treinador falou com a imprensa, mas sim Yago Pikachu, que não confirmou se vai ser titular ou não.

“Sinceramente, não sei se ele vai poupar alguém ou não. Apesar da viagem ter sido curta. Houve a recuperação com a nossa chegada. Independentemente de quem jogar, nosso grupo já mostrou que tem condições. No começo do Carioca teve aquele revezamento de time e a gente não sentiu. Se for o caso de mudar a equipe, vamos estar preparados. Não estamos pensando em quem vai jogar e só pensando em jogar. Nossa equipe só levou quatro gols no ano. Acredito que estamos nos preparando bem, com treinamento forte”.

Independentemente dos jogadores que vão entrar em campo, a pressão em manter a invencibilidade vai ser a mesma. O Vasco não perde desde o ano passado, quando foi derrotado pelo Palmeiras, por 1 a 0, em São Januário. Desde então a equipe soma 10 jogos sem perder, com 8 vitórias e 2 empates. Pikachu confirmou o bom momento e espera levar a melhor diante do Botafogo.

“Estamos muito bem. Não tivemos nenhuma derrota durante o ano. Claro que todo mundo ficou feliz com a conquista da Taça Guanabara. É uma vantagem que temos lá na frente do campeonato. Também passamos na Copa do Brasil sem sustos. Acho que fizemos uma boa partida naquilo que estávamos programando. O Botafogo vem passando por um bom momento, também. Esperamos que a gente continue se dando bem. É um rival conhecido também. Os treinadores inverteram papéis recentemente. Conhecemos um pouco do Botafogo por termos o enfrentado algumas vezes no ano passado”.

Andrey liberado

O Vasco conseguiu efeito suspensivo junto ao TJD e Andrey vai poder jogar contra o Botafogo, amanhã, no Nilton Santos. O volante havia recebido uma punição de 3 jogos por conta da expulsão diante do Americano. O caso ainda vai ser julgado pelo Pleno do TJD. Confira a decisão:

Trata-se de recurso para favorecer o atleta Andrey Ramos do Nascimento punido com pena de suspensão de 03 partidas, por infração ao art. 254 II do CBJD pela 5ª CDR.

No recurso foi requerido o efeito suspensivo.

Relatei: 

Concedo efeito suspensivo ao recorrente, não pelo motivo aduzido na peça recursal vez que inexiste prejuízo de ordem irreparável ao atleta como afirmado no recurso.

Entretanto, o art. 147-B I CBJD c/c art. 53 §4º da Lei 9615/98, garantem direito subjetivo da suspensão da sanção
imposta.

Assim, concedo efeito suspensivo ao recurso.

Dilson Neves Chagas
Auditor Relator

Desfalques e escalação

O Vasco pode vai ter 2 desfalques para o clássico contra o Botafogo. Por conta da concussão sofrida na partida contra o Serra, Marrony terá que seguir o protocolo da FIFA e ficar 5 dias afastados dos treinamentos. Como a pancada foi na última quarta-feira, o jogador vai estar de volta as atividades somente na terça-feira. Thiago Galhardo também está fora. O meia segue em recuperação de um edema muscular na coxa direita mas volta no jogo do outro fim de semana, contra o Boavista.

Com Marrony fora, a tendência é de que Rossi ganhe a primeira oportunidade como titular. Yan Sasse corre por fora pela vaga. Com isso, caso Alberto Valentim mande a campo força máxima, o Vasco enfrenta o Botafogo com Fernando Miguel, Raul Cáceres, Werley, Leandro Castan e Danilo Barcelos; Lucas Mineiro, Raul, Yago Pikachu, Bruno César e Rossi (Yan Sasse); Maxi López.

Destaque da temporada, Vasco ainda não pagou pelo empréstimo de Lucas Mineiro