Gabriel comemora bom momento da defesa e mostra otimismo para clássico

Nas quatro primeiras rodadas da Taça Guanabara, o Botafogo sofreu seis gols e acumulou três derrotas e um empate. Joel Carli estreou na última rodada da competição. A partir daí, a meta alvinegra não foi mais vazada e a equipe acumulou três vitórias consecutivas. No entanto, o argentino sofreu uma entorse no tornozelo direito contra o Campinense, pela Copa do Brasil. Submetido a uma cirurgia no local, o capitão fica fora de combate de um a dois meses. A torcida ficou apreensiva com a ausência do atleta para o duelo com o Defensa y Justicia, na Argentina. Porém, Gabriel e Marcelo Benevenuto deram conta do recado e a equipe novamente não teve a rede balançada pelo adversário.

Em entrevista coletiva realizada na tarde desta sexta-feira, o zagueiro Gabriel falou sobre o bom momento da defesa alvinegra, que não sofre gols há quatro jogos.

“Significa muita coisa para um zagueiro. Quando tomamos muitos gols, somos os primeiros criticados. Mas o ônus e o bônus não são apenas dos zagueiros. A marcação começa lá na frente, com o Kieza. Dividimos os méritos com todo mundo. Para um zagueiro, não tomar gols é quase o mesmo que marcar um. Significa que estamos mais perto da vitória, é de extrema importância. É um trabalho coletivo, estão todos de parabéns. Vamos pensar jogo a jogo”, declarou.

Clássico

O Botafogo volta a campo amanhã (23), contra o Vasco, às 19h30 (de Brasília), no Estádio Nilton Santos. O adversário conquistou a Taça Guanabara e está invicto na temporada. Gabriel mostrou otimismo para o clássico e afirmou que jogando em casa, o Glorioso irá impor o seu ritmo para conquistar os três pontos.

“Clássico é sempre um jogo especial, diferente, mas estamos numa crescente e com confiança para fazermos um grande jogo. Claro que respeitamos o Vasco, mas dentro da nossa casa, vamos impor o nosso ritmo para buscarmos essa vitória diante do nosso torcedor”, disse.

Jean deixa má campanha no 1º turno do Carioca para trás: “Agora começa um outro campeonato”