Sem sufoco Vasco bate o Serra pela Copa do Brasil

Joel Silva

, Destaque, Vasco

Com o apoio do torcedor que lotou o estádio Kleber Andrade, em Cariacica, o Vasco não deu chance para a zebra. Venceu o Serra por 2 a 0 e se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil. No primeiro tempo, Lucas Mineiro abriu o placar de cabeça, aproveitando cobrança de escanteio. O lance foi idêntico ao gol marcado por ele diante do Resende, na semifinal da Taça Guanabara. O volante aliás chegou ao seu 3o gol e se isolou na vice-artilharia do time na temporada, perdendo apenas para Marrony, que fez 4 gols em 2019.

O Vasco só fechou o caixão apenas no último minuto de jogo. Ribamar aproveitou o passe de Leandro Castan e de cara com o goleiro não desperdiçou, dando números finais para a partida. Com o gol marcado, Ribamar encerra o jejum com a camisa do Vasco. O jogador não tinha feito nenhum gol desde que foi contratado, tirando portanto um grande peso das costas. Na comemoração abraçou o técnico Alberto Valentim, o grande responsável pela contratação do atacante.

O próximo adversário do Vasco sai do confronto entre Avaí e Brasil de Pelotas. O jogo vai ser disputado no dia 7 de março, na Ressacada. O Vasco volta a campo no próximo sábado (23), clássico contra o Botafogo, no Nilton Santos, primeira rodada da Taça Rio.

Ficha do jogo

Data: 19/02/2019 (quarta-feira), às 21h30 (Brasília)

Local: Estádio Kleber Andrade – Cariacica-ES

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo – SP (CBF)

Auxiliares:Anderson José de Moraes Coelho – SP (CBF) e Bruno Salgado Rizo – SP (CBF)

Gols: Lucas Mineiro (26 minutos do 1º tempo) e Ribamar (47 minutos do 2º tempo)

Cartões amarelos: Peu, Gilmar Baiano e Caetano (Serra); Raul Cáceres e Maxi López (Vasco)

Serra: Walter; Gilmar Baiano, Rodrigo Lacraia, Renato e Peu; Caetano, Guilherme Pitty e Emílio; Rodrigo Pardal, Lessinho e Rael. Técnico: Cleiton Marcelino.

Vasco: Fernando Miguel; Raúl Cáceres, Werley, Leandro Castan e Danilo Barcelos; Lucas Mineiro, Raul, Yago Pikachu, Bruno César (Rossi) e Marrony (Yan Sasse); Maxi López (Ribamar). Técnico: Alberto Valentim.

Com apenas 4 jogos nos profissionais, Lucas Santos está de saída do Vasco