Conmebol comunica que 21 clubes enviaram listas de jogadores fora do prazo

Na noite desta quarta-feira (20), a Conmebol divulgou que 21 clubes, sendo oito brasileiros, enviaram suas listas de atletas para a pré-Libertadores e a Copa Sul-Americana fora do prazo. Em nota, a entidade afirmou que aceitou as inscrições com atraso, no entanto, enviou os casos para o seu Tribunal Desportivo.

De acordo com o regulamento das competições, as equipes devem entregar a relação de inscritos até 72 horas antes do primeiro jogo da fase em que estreiam. A segunda fase da pré-Libertadores e da Sul-Americana começaram no dia 5 de fevereiro, sendo assim, os clubes tinham até o dia 2 como prazo.

Uma pessoa do Santos, que não quis ser identificada, em contato com o site Globoesporte.com, afirmou ter enviado a lista para a CBF no dia 1º de fevereiro, mas que a mesma só teria repassado para a Conmebol no dia 4. O mesmo pode ter acontecido com as demais equipes brasileiras. Os clubes não devem perder pontos ou serem eliminados das competições. A tendência é que sejam punidos com multas.

Confira a nota na íntegra:

  • A apresentação no tempo e na forma das listas de jogadores é de responsabilidade exclusiva dos clubes e associações membros, e em nenhum caso atribuível à CONMEBOL.
  • Os regulamentos foram entregues e aceitos pelos clubes participantes na carta de conformidade e compromisso em dezembro / 2018 e também estão disponíveis em conmebol.com.  
  • 21 clubes participantes da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana apresentaram erros nas etapas de envio de listas de jogadores. Diante dessa situação, a CONMEBOL atuou diligentemente e, de acordo com os procedimentos regulamentares, encaminhou esses erros ao Tribunal Disciplinar para estudo e consideração. Portanto, enquanto o Tribunal Disciplinar não tomar uma decisão sobre o assunto, a competição continua normalmente.
  • Os clubes são:

CONMEBOL Libertadores (2ª fase)

  • Clube Atlético Mineiro (BRA)
  • São Paulo FC (BRA)
  • Clube da Universidade do Chile (CHI)
  • Clube Desportivo Palestino (CHI)
  • Clube da Liberdade (PAR)

CONMEBOL América do Sul

  • Botafogo de Futebol e Regatas (BRA)
  • Santos Futebol Clube (BRA)
  • Esporte Clube Bahia (BRA)
  • Fluminense Football Club (BRA)
  • Sport Club Corinthians Paulista (BRA)
  • Associação Chapecoense de Futebol (BRA)
  • Clube Social e Esportivo Colo-Colo (CHI)
  • Clube Desportivo de Antofagasta (CHI)
  • União Desportiva Calera (CHI)
  • União Espanhola (CHI)
  • Clube Sol de América (PAR)
  • FBC Independente (PAR)
  • Clube de esportes Santaní (PAR)
  • Clube Guarani (PAR)
  • Alunos do Mérida Fútbol Club (VEN)
  • Clube de futebol Zulia (VEN)
  • É importante ressaltar que o caso do jogador Sebastián Pérez do Club Barcelona é substancialmente diferente, considerando que os regulamentos da FIFA relativos ao registro do referido jogador não foram cumpridos. Neste caso, o Club Barcelona o incluiu em sua lista de boa fé, apesar de ainda estar registrado na Federação Mexicana de Futebol de acordo com a decisão dos órgãos judiciais.