Pimpão prevê evolução do Botafogo após início de temporada abaixo da média

A partir da última rodada da Taça Guanabara, a sorte começou a mudar para o Botafogo. Antes, foram três derrotas e um empate na competição, até encarar o Boavista e vencer por 3 a 0. Em seguida, vitória por 1 a 0 no jogo de ida da primeira fase da Sul-Americana, contra o Defensa y Justicia, da Argentina, e 2 a 0 sobre o Campinense, triunfo que fez o time avançar para a segunda fase da Copa do Brasil. Em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (15), o atacante Rodrigo Pimpão, autor do primeiro gol no duelo contra os paraibanos, tentou explicar o desempenho abaixo do esperado no início da temporada.

“Não vejo que o Botafogo tenha iniciado mal o ano. Alguns aprendizados foram trocados, tiveram novos jogadores chegando, a gente estava se conhecendo. Em alguns jogos, sim, pecamos, erramos. Aconteceram as derrotas, mas teve evolução do trabalho, assimilação do que o Zé Ricardo pediu. Conseguimos duas vitórias seguidas, em duas competições de extrema importância para o ano do Botafogo, Sul-Americana e Copa do Brasil. Espero que a gente aprimore, melhore mais a cada dia, a cada jogo, para que a gente consiga subir os degraus e coloque o Botafogo sempre o mais longe possível”, declarou.

Torcida

Volta e meia Pimpão recebe críticas dos torcedores. No entanto, o atleta acredita que tudo depende dos resultados dos jogos. O atacante ainda afirmou que o grupo sempre vai lutar para poder contar com o apoio da torcida.

“É jogo a jogo. Não é uma utopia, não é um ódio eterno. Depende de resultados e do jogo, mas o importante são os resultados dos jogos para que a torcida sempre esteja ao nosso lado, sempre esteja nos apoiando. E a gente vai sempre lutar para que eles venham ao estádio, venham aos jogos para torcer, para apoiar”, disse.

Botafogo

Rodrigo Pimpão chegou ao Botafogo no início de 2015, ano em que o clube disputou a Série B. Porém, ficou pouco tempo no Glorioso em sua primeira passagem. Na metade de julho daquela temporada, o Emirates Club pagou a multa rescisória e o atleta rumou para os Emirados Árabes Unidos. No entanto, a volta não demorou a acontecer. No dia 13 de maio de 2016, o Alvinegro Carioca anunciou o retorno do atacante, que segue na equipe de General Severiano até hoje.

Ao todo, Pimpão soma 167 partidas e 26 gols com a camisa do Glorioso. Perguntado sobre o que o Botafogo representa para ele, o atacante deu a seguinte resposta.

“Botafogo foi o clube que desde a minha primeira passagem, tive um carinho muito grande. Em 2015, o Botafogo estava na Segunda Divisão e eu abracei o projeto. Todos me acolheram muito bem e desde então eu tenho esse carinho. Até minha família tem um carinho especial pelo Botafogo. Fico grato por ser atualmente o jogador com mais jogos, com mais gols em competições internacionais. Sou muito grato ao Botafogo e quero mais. Quero ajudar o Botafogo a conquistar títulos, quero botar o Botafogo sempre o mais alto possível na tabela de classificação”, concluiu.

Preparador de goleiros do Botafogo abre o jogo sobre Jefferson, Gatito e Cavalieri. Saiba mais!