Abel quebra a cabeça para achar lugar para meia

Mesmo que tenha errado na derrota para o Fluminense, na última quinta-feira (14), Giorgian De Arrascaeta conta com a moral do elenco e de Abel Braga. O técnico, aliás, defendeu o meio-campista uruguaio e afirmou que pode escalá-lo como titular contra o Americano, daqui a dois domingos (14). Mas a dúvida que fica é: quem sai?

No meio, Arrascaeta briga por vaga com homens de confiança de Abel

Arrascaeta em ação pelo Flamengo

O técnico Abel Braga disse que pode usar o meia Arrascaeta contra o Americano (Foto: Alexandre Vidal | Flamengo)

Desde que chegou ao Flamengo, no início da temporada, Arrascaeta vem, involuntariamente, alimentando o sonho de ofensividade do torcedor rubro-negro. Muitos até escalam um meio campo com ele como o Camisa 10, com Diego atuando como segundo volante, na vaga do criticado Willian Arão.

Entretanto, Willian Arão conta com a confiança de Abel Braga. O treinador acredita que o volante traz a segurança defensiva necessária para que as estrelas da equipe brilhem. E os números confirmam a tese de Abel. Afinal, o Camisa 5 é o terceiro jogador com mais desarmes certos: foram 10 em quatro jogos. Além disso, também o terceiro em interceptações (2) e tem índice de 92,5% de passes certos no Estadual.

Quem também poderia deixar a equipe, para a entrada de Arrascaeta, é Diego. Mesmo que não tenha feito um grande jogo contra o Fluminense, o Camisa 10 também é peça importante no esquema de Abel Braga. Responsável por trazer a cadência ao estilo vertical do técnico, o meia é o quarto jogador com mais passes completados. Diego ainda é o vice-artilheiro da equipe no ano, com dois gols.

Meia pode ganhar oportunidade no trio ofensivo

Sem espaço no meio-campo, Arrascaeta pode conseguir chances no ataque rubro-negro. No Cruzeiro, o uruguaio viveu o seu melhor momento na carreira como um meia aberto pela esquerda. Com facilidade para atuar também pela direita, o Camisa 14 poderia barrar tanto Bruno Henrique quanto Everton Ribeiro. Só que o primeiro é o artilheiro da equipe no ano (3) e o outro é o líder de assistências na temporada (3).

Além disso, Arrascaeta também pode atuar como um falso centroavante. Na fatídica decisão da Copa do Brasil de 2017, o uruguaio entrou no comando do ataque nos dois jogos. Inclusive marcou um gol na partida do Maracanã. Entretanto, Abel Braga prefere ter um centroavante autêntico na função.

Com um quebra-cabeça para resolver, Abel Braga segue buscando um padrão para o time titular. Com a estreia na Libertadores cada vez mais próxima (contra o San José, no dia 5), o técnico não parece ter achado nem um time titular, nem o padrão de jogo correto para a equipe. Mas o treinador terá mais um teste pela frente, no dia 24, contra o Americano, às 17h, no Maracanã.

Não agradou: postura rubro-negra no Fla-Flu incomoda torcida