Fla-Flu é marcado por homenagens aos jovens mortos em tragédia

Por um momento o clássico entre Flamengo e Fluminense ficou em segundo plano nesta quinta-feira. O Fla-Flu e a rivalidade da partida válida pela semifinal da Taça Guanabara foi transformado na união e homenagens aos jovens mortos na tragédia no Ninho do Urubu. Com a Torcedores na arquibancada e jogadores dentro de campo homenagearam os “meninos do Ninho” como se fosse uma só homenagem.

Contudo, antes mesmo da partida começar o Fluminense já havia comunicado que tudo do clube que envolvesse o jogo seria feito em preto e branco, simbolizando o luto vivido pelo clube. O Flamengo entrou em campo com a camisa escrito “Garotos do Ninho”. Além da frase, cada jogador tinha o nome de um jovem na camisa. Cauan Emanuel, um dos sobreviventes, esteve no estádio e assistiu a partida.

Sobrevivente da tragédia esteve no Maracanã.(Foto: Reprodução | Twitter Flamengo)

A diretoria do Flamengo disponibilizou camarote no Maracanã para quem deu suporte às vítimas. Pessoas ligadas aos bombeiros, hospitais e hotéis estiveram no estádio. Também na arquibancada, 60 mil balões brancos foram distribuídos para as duas torcidas. Por fim, torcedores do Flamengo criaram uma versão de “Azul é a cor do mar”, de Tim Maia, e cantaram em homenagem às vítimas.

Posteriormente o Fluminense informou que as camisas utilizadas pelos jogadores antes da partida vão ser doadas para as famílias. De acordo com o clube, é uma forma de mostrar o respeito e a solidariedade às vítimas da tragédia no Ninho.

Posteriormente às homenagens do início, enquanto o jogo estava no intervalo, o técnico da Seleção Brasileira esteve no Maracanã assistindo a partida e recebeu um dos sobreviventes no camarote.

Técnico da Seleção conversa com sobrevivente. (Foto: Reprodução | Twitter Flamengo)

Refletiu nos jogadores

Antes da partida, Rodrigo Arão, volante do Flamengo, falou sobre como seria entrar em campo nesta quinta. De acordo com ele, a partida não seria “só mais uma”. Ainda assim, jogador disse que daria o máximo.

“Vai ser muito difícil pra mim. Não será um jogo qualquer. Não é mais um clássico e não tenho palavras para descrever como vai ser. Sabemos que terão muitas homenagens e serão feitas lindas coisas para eles. Temos um jogo e vamos honrar tudo que eles fizeram quando vestiram o manto do Flamengo. Vou dar o máximo como sempre fiz”, disse o atleta.

Confira outras homenagens aos jovens

Torcedores do Flamengo levaram mensagens para os jovens. (Foto: Reprodução | Twitter Flamengo)

Torcedores homenagearam jovens mortos na tragédia. (Foto: Reprodução | Twitter Flamengo)

Jogadores do Fluminense entraram em campo com o nome dos jovens na camisa.(Foto: Reprodução | Twitter Fluminense)

Antes da partida mensagem em homenagem aos jovens foi exibida. (Foto: Reprodução | Twitter Flamengo)

Tite afirma que é momento de solidariedade no Fla