Florida Cup, o torneio de pré-temporada que tem atraído brasileiros

Enquanto para os clubes brasileiros o mês de janeiro é de pré-temporada, volta das férias, para os clubes europeus é o meio do calendário do futebol. As equipes de específicos países europeus que fazem uma pausa em seus campeonatos nacionais viajam até a Flórida, para a disputa da Florida Cup, torneio que acontece desde 2015.

A Bundesliga (Alemanha) e a Eredisive (Holanda), por exemplo, param na última semana de dezembro e só retornam no dia 18 de janeiro. Por isso, em todas as edições até agora, começando em 2015, tiveram a presença de times alemães. Já os holandeses, estrearam apenas no ano de 2018, com a presença do PSV.

Em 2019, três, das quatro equipes participantes vão estrear no torneio. O Flamengo, convidado outras vezes, só resolveu participar agora. Outro time estreante é o Eintracht Frankfurt, da Alemanha, e o último é o Ajax, da Holanda.

As partidas serão disputadas em dois lugares diferentes. Neste ano, as equipes brasileiras não se enfrentarão, assim como as alemães. Flamengo e Ajax jogam no dia 10 de janeiro, no Orlando City Stadium, casa do ex-time de Kaká na MLS. Já o São Paulo, encara o Frankfurt, no mesmo dia e horário (21h horário de Brasília), na cidade vizinha de São Petersburgo.

Já a segunda e última rodada será jogada no dia 12. Todos os dois jogos serão em Orlando, com rodada dupla. São Paulo e Ajax abrem os trabalhos, às 15h (horário de Brasília), enquanto Flamengo e Frankfurt encerram a competição logo depois, às 18h (Brasília).

Estádios

Orlando City Stadium: casa do Orlando City, da MLS, e do Orlando Pride, time da brasileira Marta, o estádio foi recentemente construído. Inaugurado em 2017, tem capacidade para 25,5 mil torcedores. Em um amistoso inaugural, Kaká marcou o primeiro gol da história do estádio, pelo time de Orlando. Na Florida Cup de 2018, também fez parte dos estádios que receberam partidas.

Kaká em ação pelo Orlando City

Kaká fez o primeiro gol do Orlando City Stadium (Foto: Divulgação | Orlando City)

Al Lang Stadium: casa do Tampa Bay Rowdies, time que disputa a USL (United Soccer League), uma espécie de segunda divisão dos Estados Unidos, tem capacidade para quase 7,5 mil torcedores e fica localizado na cidade de São Petersburgo, na Flórida. Foi inaugurado em 1947 e já passou por três grandes reformas, sendo a última delas em 2015. Atualmente, o estádio é controlado pelo Tampa Bay Rays, clube da liga principal de beisebol americana, que comprou os Rowdies. O Al Lang Stadium já foi utilizado na edição de 2018 da Florida Cup.

Além dos jogos de futebol, o torneio conta com outras ações promovidas. As equipes vão a uma partida de basquete da NBA. Em 2019, a cantora Ivete Sangalo irá se apresentar para o público. Uma partida amistosa entre celebridades também antecede os jogos do torneio. Quem tem presença confirmada é o Galinho de Quintino, Zico, maior ídolo da história do Flamengo, que atualmente é diretor de futebol do Kashima Antlers, do Japão. A semana da Florida Cup 2019 será de  6 a 13 de janeiro.

Torcedores no Tampa Bay Rowdies

Estádio utilizado pelo Tampa Bay Rowdies (Foto: Divulgação | Tampa Bay Rowdies)

Primeira edição – 2015

 

No primeiro ano da Florida Cup, apenas quatro equipes participaram da competição. Foi uma espécie de mini competição entre Brasil e Alemanha (curiosamente, pouco depois do inesquecível 7 a 1 da Copa de 2014). Pelo lado brasileiro, Corinthians e Fluminense. Pelos alemães, jogaram Bayer Leverkusen e Colônia.

Foram dois jogos para cada um, sempre um brasileiro contra um alemão. Ambas as equipes brasileiras estrearam com derrota (Fluminense 0 x 3 Bayer Leverkusen e Corinthians 0 x 1 Colônia). Na segunda rodada, o Timão salvou a pele do Brasil, ao vencer o Leverkusen por 2 a 1. Já o Fluminense, amargou outra derrota, desta vez por 3 a 2.

Com duas vitórias, o Colônia foi o grande vencedor, assim como a Alemanha, no confronto contra o Brasil.

Conca e Guerrero foram atrações na primeira edição da Flórida Cup

Representantes dos quatro clubes tiram foto com o Mickey na Disney (Foto: Divulgação | Florida Cup)

Segunda edição – 2016

Um pouco mais volumosa, o segundo ano da Florida Cup contou com 9 equipes, de cinco países diferentes (Brasil, Alemanha, Ucrânia, Colômbia e Estados Unidos). Cada time jogou duas partidas e, quem somasse mais pontos, seria o campeão, podendo ter o desempate através dos critérios previamente estabelecidos pelo regulamento.

Pelo Brasil, atuaram Atlético-MG, Corinthians, Fluminense e Internacional. Pela Alemanha, jogaram Bayer Leverkusen e Schalke 04, pela Colômbia, Santa Fé, pela Ucrânia, o Shakhtar Donetsk, e pelos Estados Unidos, o Fort Lauderdale Strikers.

Melhor para o Galo, que venceu Schalke 04 e Corinthians, por 3 a 0 e 1 a 0, respectivamente, e ficou com o título, sendo o único time a conseguir os seis pontos.

Em 2016, o torneio ficou marcado pela presença de Ronaldinho, que atuava pelo Fluminense.

Ronaldinho Gaúcho em ação pelo Fluminense

A última aparição de Ronaldinho Gaúcho com a camisa do Fluminense foi na Flórida Cup (Foto: Divulgação | Fluminense)

Terceira edição – 2017

No terceiro ano da competição, mais uma modificação no sistema de disputa e um número ainda maior de equipes. Neste torneio, o Flamengo, que estreia em 2019, teria participado pela primeira vez. Porém, com o acidente trágico do voo da Chapecoense, o calendário da CBF foi alterado e o clube optou por se preparar no Rio de Janeiro.

A competição foi disputada entre os dias 8 e 21 de janeiro de 2017, dividida em duas etapas diferentes: Challenge 2017 e Playoff 2017, distribuídos em quatro estádios diferentes.

O Challenge foi um torneio de pontos corridos com apenas três rodadas sendo disputadas. Cada participante jogou duas vezes partidas, representando seu país. Desta fase, participaram: Atlético-MG e Bahia, pelo Brasil, Bayer Leverkusen e Wolfsburg, pela Alemanha e Estudiantes e Tampa Bay Rowdies, na junção de Argentina e Estados Unidos. O vencedor seria o país que somasse mais pontos. A Alemanha acabou conquistando, com o Wolfsburg sendo a melhor equipe.

Já o Playoff, que foi disputado de 15 a 21 de janeiro, foi um torneio com times representando 4 países diferentes, em sistema de mata-mata, onde apenas os vencedores avançariam para as finais. Quem vencesse a fase final, era o campeão. As equipes foram: Corinthians, Vasco e São Paulo, pelo Brasil, River Plate, pela Argentina, Barcelona de Guayaquil, pelo Equador, e Millonarios, pela Colômbia.

As equipes foram jogando e final foi justamente o clássico entre Corinthians e São Paulo. A partida foi decidida nos pênaltis, com o título ficando para o Tricolor, na estreia do então treinador Rogério Ceni.

Rogério Ceni durante jogo do São Paulo

Rogério Ceni dirigiu o São Paulo e foi campeão da Flórida Cup (Foto: Divulgação | Florida Cup)

Quarta edição – 2018

Na edição de 2018, oito equipes participaram da competição. Entre elas, mais uma vez, estavam Atlético-MG e Corinthians. O mineiros haviam firmado um acordo de três anos com a competição, portanto, estariam encerrando sua participação. Já o Corinthians seguia 100%, com presença em todos os torneios até aquele ano.

Cada equipe jogaria duas partidas e, quem tivesse melhor pontuação (em caso de empate seria decidido nos critérios definidos pela organização), seria o campeão. Entre os participantes, equipes que chegavam ao torneio pela primeira vez.

Estiveram por lá: Atlético Nacional, da Colômbia, Rangers, da Escócia, PSV, da Holanda, Légia Varsóvia, da Polônia, além dos já antigos participantes, Barcelona de Guayaquil, do Equador, Corinthians, Fluminense e Atlético-MG.

Ao final das duas partidas, os colombianos do Atlético Nacional venceram seus dois jogos, assim como Barcelona e o Rangers. Porém, no saldo de gols, levaram o título.

Jogadores do Atlético Nacional comemoram conquista da Flórida Cup

Colombianos comemoram título da Flórida Cup de 2018 (Foto: Divulgação | Florida Cup)

Flamengo conhece datas e estádio da Florida Cup 2019