Alan Santos garante que não faltará vontade em campo

, Botafogo, Destaque

Nesta segunda-feira (7), mais um reforço foi apresentado oficialmente pelo Botafogo. Desta vez foi o volante Alan Santos. Vendido pelo Coritiba ao Tigres, do México, em 2017, o atleta vem acumulando empréstimos e disputou poucas partidas desde então. Ao todo, foram 10, todas pelo mexicano Veracruz. O jogador estava no Al-Ittihad, dos Emirados Árabes, onde não teve oportunidade de ir a campo. Seu último jogo foi no dia 9 de março do ano passado.

“Não guardo as coisas que passaram. Foi muito difícil ficar esse tempo sem jogar, mas serviu para me dar mais vontade. Posso errar passes, gols, mas não vai faltar vontade, podem me cobrar.”

Alan Santos queria retornar ao Brasil. O atleta destacou que quando recebeu a proposta para defender o Botafogo, não pensou duas vezes para aceitar.

“Participei de nove Brasileiros seguidos. Queria sair do Brasil, mas não tive uma experiência familiar boa e queria voltar. Pintou essa oportunidade e não pensei duas vezes. Estou muito feliz de poder representar essa camisa que já foi vestida por vários ídolos.”

Recepção

Assim como Diego Cavalieri, Alan Santos disse ter sido muito bem recebido por todos no Botafogo e também ressaltou o bom ambiente no vestiário.

“Fui muito bem recebido, percebi um clima bom no vestiário. Conversa com o Zé foi muito boa. Recebi a notícia de vir para o Botafogo do próprio Anderson, tive a sensação de arrepio. Minha primeira impressão é um privilégio de vestir essa camisa de tanta tradição.”

Disputa por posição

No Botafogo, Alan Santos terá que disputar a posição de volante com Jean; Rodrigo Lindoso; João Paulo; Gustavo Bochecha; e Rickson e Wenderson, recém promovidos das categorias de base. O atleta pontuou que a concorrência é normal em um clube grande como o Glorioso.

“Todo time grande como o Botafogo tem concorrência grande, temos que disputar no dia a dia. Vou estar à disposição, fazer meu melhor, competir em todas as bolas. Vou fazer meu trabalho e creio que o Zé vai escolher o melhor para o Botafogo. Eu penso na minha estreia, mas não sou ansioso. Vivo cada dia de uma vez. Procuro viver agora a pré-temporada”, encerrou.

Jean comemora permanência no Botafogo em 2019