Ex-técnico do Flu exalta reforço: “É a cara do clube”

, Destaque, Fluminense

O experiente zagueiro Matheus Ferraz foi uma das primeiras contratações do Fluminense, nesta temporada. O defensor de 33 anos, que jogou o Brasileirão do ano passado pelo América-MG, chegou para substituir Gum, que deixou o clube no fim de 2018. Com a missão de repor a saída de um dos grandes ídolos da história recente do Tricolor, ele precisa lidar com as inevitáveis comparações.

Apesar de ter sido rebaixado com o América-MG, em 2018, Matheus Ferraz tem números superiores ao de Gum no Brasileirão do ano passado. Entretanto, Ricardo Drubscky evita comparar os dois zagueiros. Em entrevista exclusiva para o Esporte 24 horas, o ex-técnico do Fluminense e ex-diretor de futebol do Coelho, responsável pela contratação do defensor, elogiou o zagueiro que, para ele, tem perfil para ser titular do Fluminense, em 2018.

“Eu não quero entrar em detalhes de comparação. O Matheus Ferraz é forte no um a um, é bom no jogo aéreo defensivo e ofensivo. É extremamente competitivo. Se o jogo se apresentar para ele com dificuldades naquele setor, só o dia a dia que vai dizer. Mas é um defensor interessante, que tem perfil para ser titular do Fluminense, sim”, disse Ricardo Drubscky.

Ex-técnico do Flu exalta espírito de liderança

Matheus Ferraz marca Borja, em jogo entre América-MG e Palmeiras

No América-MG, Matheus Ferraz se tornou um dos líderes do elenco mineiro, em 2018 (Foto: César Greco | Palmeiras)

E não é só Ricardo Drubscky que torce para que Matheus Ferraz se encaixe no Fluminense. Com a saída de Gum, o Tricolor busca por lideranças dentro do elenco. A permanência de Digão é vista como um reforço técnico e anímico no vestiário. Entretanto, ter um jogador como Matheus pode ajudar ainda mais a equipe.

Pelo menos, é o que afirma Ricardo Drubscky, que exalta a liderança de Matheus Ferraz, no elenco do América-MG, na última temporada. Para o, agora, treinador do Tombense, o zagueiro é um jogador “de grupo”. Além disso, a experiência do defensor, com passagens por Santos, ajudar o Fluminense em 2019.

“(Matheus Ferraz) é rodado, jogou em clube grande, foi muito bem no América, esperou a vez dele com respeito. Mas quando entrou, tomou conta, foi capitão e titular o resto todo da temporada. Inclusive, comandando o vestiário. É um cara muito de grupo”, disse o técnico Ricardo Drubscky.

Drubscky elogia zagueiro dentro e fora de campo

Ricardo Drubscky comanda treino do Fluminense, em 2015

Atualmente no Tombense, Ricardo Drubscky passou pelo Fluminense em 2015 (Foto: Nelson Perez | Fluminense)

Ricardo Drubscky fala com propriedade sobre o Fluminense. Afinal, o treinador passou pela equipe carioca em 2015. Mesmo que tenha feito apenas oito jogos pelo Tricolor, o técnico reforça que Matheus Ferraz combina com o estilo do Fluminense. Além disso, Ricardo acredita que, com o atual momento financeiro do clube, o zagueiro possa se encaixar dentro das necessidades tricolores.

“Matheus Ferraz é um grande atleta. Um zagueiro simples, mas no bom sentido da palavra: eficiente, experiente, não é de fazer firula. Além disso, tem um bom jogo aéreo. É um profissional de altíssimo caráter e profissionalismo. Eu recomendo o Matheus para qualquer time. Acho que, pelo momento do Fluminense, é um jogador interessante. Não é caro, mas, dentro de campo, ele resolve bem as coisas”, concluiu Ricardo.

Em busca de opções, Flu mostra interesse em goleiro do Paraná