Firmino dá assistência e Liverpool goleia Bornemouth

O Liverpool bateu o Bornemouth, por 4 a 0, neste sábado (08), pela 16ª rodada da Premier League. Mohamed Salah marcou três vezes e Cook, contra, completou o placar. O brasileiro Roberto Firmino fez grande partida, dando uma assistência para um dos gols do egípcio. Com o resultado, os Reds conseguem a liderança temporária do Campeonato Inglês.

Dupla Firmino-Salah sobra no primeiro tempo

Jogando como segundo atacante, Roberto Firmino fez um bom primeiro tempo, ajudando na criação de jogadas e atraindo a marcação para que Salah tivesse mais liberdade. Apesar de ter mais a bola, o Liverpool viu o Bournemouth chegar com perigo duas vezes: em jogadas de Kings e Brooks.

Mas o Liverpool responderia à investida do Bournemouth, em jogada de Roberto Firmino. O brasileiro tabelou com Salah e bateu forte. O goleiro Begovic espalmou para o meio da área e o egípcio, impedido, completou para o fundo das redes: 1 a 0. O gol abateu os Cherries, que viram o Liverpool ampliar na primeira etapa.

Liverpool atropela no segundo tempo

(Foto: Reprodução | Twitter)

Com três gols, atacante egípcio Mohamed Salah foi o grande nome da vitória do Liverpool, neste sábado (08) (Foto: Reprodução | Twitter)

Na volta do intervalo, Roberto Firmino, novamente, mostrou serviço. Logo aos 2’, o atacante interceptou a saída de bola do Bournemouth e encontrou Salah. O egípcio driblou Aké e bateu cruzado, ampliando o placar. Com mais posse de bola, o Liverpool passou a administrar o resultado.

Mas Jürgen Klopp queria mais. O treinador tratou de colocar a equipe para frente, tirando Naby Keita e Shaqiri e colocando Lallana e Mané. Com um time ainda mais agressivo, o Liverpool fez o terceiro. Logo depois de lançamento do brasileiro Fabinho, Robertson cruzou na área e Cook cabeceou para a própria meta.

Mesmo com 3 a 0 no placar, o Liverpool não deixou o ritmo cair. Ainda deu tempo de Salah fechar o marcador com uma pintura. O atacante recebeu de Lallana, ganhou na velocidade de Cook, driblou Begovic duas vezes e tocou para o gol vazio: 4 a 0 e liderança garantida. Agora, os Reds precisam torcer para que o Manchester City perca para o Chelsea, para se manter no topo da Premier League.