Raio-X: Tudo o que você precisa saber sobre Junior Barranquilla x Atlético-PR

O primeiro jogo da grande final da Copa Sul-Americana, nesta quarta, em Barranquilla, tem tudo para ser favorável ao Atlético-PR. Jogando sem o principal artilheiro, Téo Gutiérrez, o Junior conta com a campanha invicta no Estádio Metropolitano, porém vai enfrentar o melhor ataque da competição.

Com capacidade para 45 mil torcedores, os fanáticos colombianos devem deixar para lotar o estádio na última hora, já que até a véspera, apenas 30 mil ingressos haviam sido vendidos, diferentemente dos torcedores do Furacão, que já esgotaram as entradas para a partida de volta, na semana que vem.

O Atlético-PR vem muito motivado, pois, além de ir em busca do inédito título sul-americano, ficou de fora do G-6 do Campeonato Brasileiro e, conquistar a Copa Sul-Americana, significaria se classificar para a Libertadores de 2019.

O técnico Tiago Nunes, uma das revelações de 2018, deve repetir o esquema que vem utilizando nas partidas do Furacão, com um sistema 4-3-3.

Com a ausência de Téo Gutiérrez, o técnico uruguaio Julio Comesaña deve promover a entrada de Yony González. O jogador entrou no segundo tempo na partida contra o Santa Fé e, apesar de não ter confirmado a escalação, surge como grande favorito para começar.

Atenção aos cartões

Diego Haro em jogo da Copa Sul-Americana

Diego Haro apita a sua primeira final de Copa Sul-Americana (Foto: Divulgação | Conmebol)

O árbitro da partida será o peruano Diego Haro, de 35 anos, que vai apitar apenas sua terceira partida nesta edição da Copa Sul-Americana. Na segunda fase, comandou a partida em que o Santa Fé, da Colômbia, venceu o Rampla Juniors, do Uruguai, por 2 a 0. Nas oitavas de final, apitou a vitória nos pênaltis do Deportivo Cali, da Colômbia, sobre a LDU Quito, do Equador.

Na primeira partida da Sul-Americana deste ano, distribuiu oito amarelos e dois vermelhos. Já na segunda e última foram sete amarelos e um vermelho. O Atlético-PR tem três jogadores pendurados: Renan Lodi, Lucho e Marcelo Cirino, por isso, deve tomar cuidado, pois o peruano gosta de distribuir cartões.

JUNIOR BARRANQUILLA X ATLÉTICO-PR

Data: 05/12/2018 (quarta-feira), às 22h45 (Brasília)

Local: Estádio Metropolitano (Barranquilla, Colômbia)

Árbitro: Diego Haro (PER)

Auxiliares: Jonny Bossio e Victor Raez (PER)

VAR: Gery Vargas (BOL), Alexis Herrera (VEN) e Carlos Astroza (CHI)

Junior Barranquilla: Viera; Piedrahita, Jefferson Gómez, Rafael Pérez e David Murillo; Narváez, Cantillo, Barrera e James Sanchéz; Luis Díaz e Yony González; Técnico: Julio Comesaña

Atlético-PR: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Bruno Guimarães (Wellington), Lucho González e Raphael Veiga; Nikão, Pablo e Marcelo Cirino. Técnico: Tiago Nunes

Atlético-PR faz reconhecimento do gramado em Barranquilla