Após quase dez anos, time de Renato Augusto é campeão na China

O Beijing Guoan, do meia Renato Augusto, conquistou a Copa da China ao vencer na final o Shandong Luneng, dos também brasileiros Diego Tardelli, Gil e Roger Guedes. A equipe não conquistava um título desde 2009.

Com dois empates, o time da capital faturou o campeonato através do gol qualificado, já que em casa, na primeira partida, empatou em 1 a 1, e na segunda, por 2 a 2, tendo marcado mais gols fora de casa do que o adversário.

Renato comemora com trofeu de campeão ( Foto: sina.com.cn )

“O gol que fizemos logo no início da partida nos deu mais tranquilidade, porque sabíamos das dificuldades que iríamos encontrar aqui. O Shandong, hoje, é uma das melhores equipes da China, também fez uma grande temporada, e conseguiu um bom resultado no nosso estádio. Foi um jogo emocionante até o fim, eles buscaram o empate duas vezes, com o Tardelli marcando aos 44. Os dois gols fora nos garantiram o título, muito importante para o clube. Estou feliz demais por ter ajudado o grupo e por ter sido campeão pela primeira vez aqui na China. Agora, é curtir as férias”, disse Renato.

Com o título, o Beijing Guoan garantiu uma vaga direta na fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia do ano que vem. O Shandong, por ter terminado o Campeonato Chinês em terceiro lugar, também já havia carimbado a vaga para a Liga dos Campeões, porém, terá que passar por uma fase eliminatória antes, assim como acontece na Libertadores e na Liga dos Campeões da Europa.

Os gols do Shandong foram marcados por Diego Tardelli e Gil. Já para o Beijing, marcaram Jonathan Viera e Zhang Xizhe.

Volta pro Flamengo?

Uma possível negociação entre Renato Augusto e Flamengo está sendo tratada com muita cautela na Gávea. Segundo apuração do Esporte 24 Horas, representantes em nome do Flamengo já iniciaram conversas com o empresário do atleta, Carlos Leite. Ainda assim, a chegada do meia da seleção não será fácil.

Atualmente, Renato Augusto vale cerca de  € 11 milhões (R$ 48 milhões), valor considerado alto pela cúpula rubro-negra. Além disso, o jogador tem forte idolatria no país e um contrato até 2021. Por outro lado, o atleta manifestou o desejo de sair da China. Principalmente, após suas seguidas lesões a serviço da seleção brasileira. Portanto, Flamengo e Renato estão alinhados, só falta iniciar o mais importante: o acerto com Beijing Guoan.

Flamengo negocia com dupla para vaga de Lucas Paquetá