No sacrifício, Neymar marca e PSG evita eliminação na Liga

Depois de sofrer uma lesão no início da partida entre a Seleção Brasileira e Camarões, no último dia 20, Neymar atuou nesta quarta-feira contra o Liverpool no sacrifício. Isto porque o PSG não podia ter outro resultado além da vitória na Liga dos Campeões, ou veria a classificação escapar dentro de casa.

Desde a lesão, o camisa 10 vem fez um tratamento intensivo para poder estar em campo nesta partida crucial. Tanto sacrifício foi recompensado com o placar de 2 a 1, com Neymar atuando os 90 minutos e marcando o gol da vitória da equipe francesa.

“No momento em que eu saí do jogo da seleção, não pensei só nesse jogo do PSG, pensei em todos os meses que eu tinha pela frente, mais da metade da temporada. Foi difícil chegar nesse jogo, fiz tratamento o dia inteiro, de manhã até a noite, todos os dias. Fiz um esforço muito grande. Se não fosse um jogo tão importante talvez eu nem jogaria, eu já não joguei 100%. Eu fico feliz por ter aguentado até o final. Às vezes dá um incômodo, é normal, mas depois a gente trata. Foi válido, vale o esforço, vale a dor depois do jogo para que tudo possa correr bem”, disse o jogador.

Com a vitória, o PSG chegou aos oito pontos e assumiu a segunda posição no grupo C. O líder Napoli tem nove, enquanto o Liverpool, em terceiro, tem seis. A equipe italiana venceu o Estrela Vermelha, da Sérvia, por 3 a 1 e deixou o grupo totalmente indefinido. As três equipes seguem vivas e com chances.

“A gente sabia que para nós era tudo ou nada. Ou segue vivo ou vai para casa morto, hoje era uma final para nós, e a gente encarou com um espírito diferente. É até a última rodada. São grande equipes, grandes jogadores, a gente sabia que ia ser difícil e a gente fica feliz de estar vivo na competição, feliz pelo jogo de hoje. Mas sabemos que temos mais uma batalha para vencer. Falta ainda um jogo, uma batalha, e tem que entrar com o mesmo espírito de hoje, de final, e fazer um grande jogo lá”, concluiu o camisa 10.

Última rodada do grupo

O PSG vai visitar o Estrela Vermelha e precisa vencer para não depender de ninguém. Se empatar, vai ter que torcer para uma vitória ou empate do Napoli contra o Liverpool, em Anfield.

Para se classificar, o Liverpool precisa vencer o Napoli por 1 a 0 ou por dois ou mais gols. Caso seu jogo termine com uma vitória, mas sofrendo gols e por um gol de diferença, precisará torcer para o PSG ser derrotado ou empatar com Estrela Vermelha.

Já o Napoli é quem tem a vida não tão tranquila, mas com a classificação mais encaminhada. Apesar de jogar fora de casa, qualquer empate basta para o time avançar. A rodada final será disputada no dia 11 de dezembro.

Maior artilheiro brasileiro na Liga

Com o gol feito nesta quarta-feira, Neymar alcançou uma marca e tanto. Com 31 gols, ele se tornou o maior artilheiro brasileiro na fase de grupo da Liga dos Campeões, superando Kaká, com 30, e Rivaldo que tem 27 (já havia sido superado). No entanto, se contabilizarem os gols em fases pré-grupos, Rivaldo marcou quatro vezes e também conta com 31 gols.

Com David Neres, Ajax vence e se classifica na Liga dos Campeões