Flu é vice-campeão juvenil de Ginástica Artística

, Outros Esportes

O Fluminense garantiu o vice-campeonato brasileiro juvenil de Ginástica Artística, neste fim de semana, em Porto Alegre-RS. A equipe conseguiu o resultado graças às três medalhas (duas pratas e um bronze) conquistadas na competição, todas com Bianca Tavares. Além disso, a atleta ainda garantiu um quarto lugar no solo.

Grande destaque do Fluminense na competição, Bianca Tavares foi um dos nomes do Campeonato Brasileiro Juvenil de Ginástica Artística. Na primeira competição, a ginasta garantiu a medalha de prata no salto sobre a mesa. Logo depois, Bianca repetiu a dose nas barras paralelas assimétricas.

Ainda que já tivesse conquistado duas medalhas no Brasileiro Juvenil de Ginástica Artística, Bianca Tavares queria mais. A ginasta conseguiu um bronze, em boa apresentação na trave. Além disso, Bianca ainda ficou em quarto lugar no solo. O bom rendimento na competição garantiu a quarta posição no individual geral da competição e o segundo lugar do Fluminense, entre as equipes.

Atletas do Fluminense têm bons resultados

Além de Bianca Tavares, outras cinco atletas do Fluminense participaram do Campeonato Brasileiro Juvenil de Ginástica Artística. Natália de Jesus foi a segunda melhor qualificada da equipe tricolor, ficando em nono lugar. Logo depois, vem Marcela Meirelles. Em 15º, ficou Maria Rita Simão. Maria Eduarda Neves ficou uma posição abaixo. Fechando a participação tricolor no campeonato, Maria Eduardo Silva garantiu o 21º lugar.

Coordenador de Ginástica Artística do Fluminense, Ricardo Batista comemorou o resultado da equipe no Campeonato Brasileiro Juvenil de Ginástica Artística. O dirigente agradeceu ao Comitê Olímpico Brasileiro e à Federação Carioca de Ginástica por terem cedido os centros de treinamento para as meninas treinarem. Além disso, exaltou o trabalho da comissão técnica tricolor.

“Deixamos nosso agradecimento especial ao COB e FGERJ pela utilização dos espaços para treinos, que fizeram a diferença. Não podíamos esquecer de nossa querida Altair Prado, uma profissional apaixonada pela ginástica, que nos auxiliou na reta final de preparação e contribuiu qualitativamente para o sucesso alcançado pela equipe. Nada disso seria possível sem o trabalho dedicado de nossa Comissão Técnica: Walmy Júnior, Júlia Sonoda, Ceará e a equipe de psicologia do Fluminense, Ana Paula e Juliana. Obrigado a todos”, disse Ricardo Batista.