Walace, surpresa de Tite, justifica convocações com números

A convocação de Walace para os primeiros jogos do Brasil após a Copa do Mundo, em outubro surpreendeu a quase todos. Revelado pelo Grêmio, o volante era visto como um dos vilões do primeiro rebaixamento do Hamburgo em sua história, na temporada passada. Ainda assim, assinou com o recém-promovido Hannover. Mesmo que a equipe brigue contra a queda para 2.Bundesliga, Walace vem acumulando bons números, que podem justificar a sua convocação para a seleção.

Volante é destaque em time que briga contra rebaixamento

Jogando como primeiro volante, no 3-5-2 do Hannover, Walace é o esteio defensivo do meio de campo da equipe alemã. Com 28 interceptações e 25 desarmes, o volante é o líder desses quesitos no 96. Além disso, ele está entre os 20 maiores ladrões de bola e é o terceiro a interromper mais passes na Bundesliga.

Mas não é só a força defensiva de Walace que chama a atenção. O volante é o quinto jogador com maior precisão de passes no Hannover: 84%. Responsável por fazer a saída de bola e manter o controle da posse de bola da equipe, o brasileiro tem sido um dos poucos pontos positivos da equipe alemã. Em 16º lugar, com nove pontos, o 96 está na zona da repescagem.

Walace ganha minutos, mesmo com competição acirrada

(Foto: Lucas Figueiredo | CBF)

Dono do meio de campo, Casemiro é soberano como primeiro volante no Brasil de Tite (Foto: Lucas Figueiredo | CBF)

Apesar de ter bons números, a briga do Hannover contra o rebaixamento pode colocar os números de Walace em descrédito. Afinal, o jogador luta por vaga com jogadores como Casemiro, Fernandinho, Fabinho e Allan, que atuam em times mais fortes e consistentes. Ponto de equilíbrio do meio de campo do Real Madrid e da seleção, Casemiro é visto como intocável.

Já Fernandinho é uma das peças importantes de Pep Guardiola no Manchester City, pela qualidade criativa. Apesar de ter sido considerado vilão nas duas últimas Copas do Mundo, o volante ainda é querido por Tite. Além disso, a idade avançada também pesa contra. Fabinho e Allan, destaques do futebol europeu há três temporadas ganharam chance na seleção depois de Walace. O volante do Liverpool, aliás, vem jogando mais como lateral direito do que na sua função original.

Mas, ainda assim, Walace tem crédito com Tite. Em coletiva, após a primeira convocação dele, o treinador elogiou o bom momento do volante, mas exaltou também a passagem dele pelo Grêmio: “O momento dele é bom, mas, o passado de Grêmio e Seleção Olímpica credenciam pelo conjunto da obra”, afirmou o técnico. Campeão Olímpico em 2016, o volante foi titular na vitória, por 1 a 0, sobre o Uruguai. Ainda não se sabe se ele será titular também contra Camarões, na próxima terça-feira (20). Mas o que é certo é que o volante está no radar e está ganhando espaço na Seleção Brasileira.