Raio-X: Tudo o que você precisa saber sobre Brasil e Uruguai

Nesta sexta-feira (16), o Brasil enfrenta o Uruguai, às 18h, horário de Brasília, em amistoso no Emirates Stadium, em Londres. Desde a eliminação para a Bélgica, nas quartas de final da Copa do Mundo, a Seleção segue invicta. São quatro vitórias em quatro jogos, o último deles contra a Argentina, na Arábia Saudita. Agora, o Brasil tem um novo desafio contra a Celeste, que perdeu os dois últimos amistosos contra Coreia do Sul e Japão.

Tite faz mistério

(Foto: Lucas Figueiredo | CBF)

Sem Coutinho, Tite busca opções para o meio de campo do Brasil (Foto: Lucas Figueiredo | CBF)

Para o jogo contra o Uruguai, o técnico Tite busca soluções para os desfalques. Sem Marcelo, Casemiro e Phillipe Coutinho, o treinador já tem os substitutos para os dois primeiros. Homem de confiança de Tite, Filipe Luís assume a vaga na lateral esquerda. Já Wallace, surpresa nas últimas convocações, ganha uma oportunidade como primeiro volante.

Mas, para a vaga de Phillipe Coutinho, Tite ainda faz mistério. Jogando como meia-central nos últimos jogos da Seleção, o jogador do Barcelona desfalca o Brasil por conta de uma lesão na panturrilha. Para a vaga do jogador, o treinador tem opções com estilos bem diferentes. O cadenciador Renato Augusto e o infiltrador Paulinho, antes parceiros de meio campo, brigam pela vaga ao lado de Arthur. Além dele, o volante Allan corre por fora pela vaga. Apesar de confirmar as opções, Tite não confirma quem será o titular contra o Uruguai.

Tabárez sofre com lesões

(Foto: Reprodução | AUF)

Com 11 desfalques, técnico Óscar Tabarez tenta encontrar um time titular para jogo contra o Brasil (Foto: Reprodução | AUF)

Se os desfalques incomodam a Tite, imagina a Óscar Tabárez. O experiente treinador uruguaio não terá 11 jogadores para o jogo contra o Brasil. Dentre eles estão a dupla de zaga titular, Diego Godín e José Maria Giménez, e a reserva, formada por Sebastian Coates e Erick Cabaco. Assim, o técnico deve promover a estreia de um dos novos convocados

Os jovens Bruno Méndez, de 19 anos, Mauricio Lemos, de 22, e Emiliano Velázquez, de 24, disputam vaga na defesa. Além disso, o goleiro Fernando Muslera também está fora por lesão. Convocado após o corte do arqueiro, Martin Silva, do Vasco, briga pela camisa 1 com Martin Campaña, do Independiente-ARG.

BRASIL X URUGUAI

Local: Emirates Stadium, em Londres (ING)
Data e hora: 16/11/2018 – 18h, horário de Brasília
Árbitro: Craig Pawson (ING)
Assistentes: Stephen Child e Ian Hussin (ING)

BRASIL: Alisson; Danilo, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Wallace, Arthur e Renato Augusto (Paulinho); Douglas Costa, Roberto Firmino e Neymar.
Técnico: Tite

URUGUAI: Campaña (Martin Silva); Cáceres, Velázquez (Méndez), Lemos e Laxalt; Lucas Torreira, Vecino, Bentancur e Arrascaeta (Pereiro); Suárez e Cavani.
Técnico: Óscar Tabárez.

Opinião do especialista:

Wilson Pimentel (Editor-Chefe | Esporte 24 Horas):  Tite não antecipou a escalação do Brasil para o amistoso contra o Uruguai. O jogo coletivo e o equilíbrio será fundamental para conquistar uma vitória em Londres. Tite não parece disposto a “improvisar”. Com isso, Neymar deve seguir na ponta-esquerda. Acho pouco provável que o camisa 1o sej escalado pelo meio como vem atuando no PSG. Para a vaga de Coutinho, tudo caminha para o treinador recorrer à Paulinho ou Renato Augusto, mas com toda a sinceridade, gostaria muito de ver Rafinha, um canhotinho, hábil e veloz, formando o ataque ao lado de Douglas Costa, Roberto Firmino e Neymar.

Maestro do Tri questiona Neymar na Seleção