Atletas do Flu são medalhistas do Sul-Americano de Nado Artístico

As nadadoras Anna Giulia Veloso, Luísa Borges e Maria Bruno garantiram quatro medalhas nas provas de nado artístico no Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos, em Trujillo-PER. O trio tricolor conquistou dois ouros nas equipes livre e combinada e prata no dueto. Além disso, garantiram o Brasil no Pan-Americano de 2018. Anteriormente conhecida como “nado sincronizado”, o nado artístico mudou de nome visando popularizar o esporte.

O primeiro ouro veio com a equipe combinada. Contando com Maria Clara Coutinho, Laura Micucci, Duda Miccuci, Lorena Molinos, Giovana Stephan, Victoria Cabale, Julia Catharino, além das tricolores Anna Giulia Veloso, Luísa Borges e Maria Bruno, o Brasil somou 82,0000 pontos. A prata ficou com a Colômbia, com 79,0000. As chilenas fecharam o pódio, com 76,4000. As meninas do Brasil se apresentaram com a música tema do filme “Vingadores”.

Logo depois, a equipe livre garantiu a segunda medalha de ouro. Com a mesma formação da prova combinada, as meninas brasileira conseguiram o título, com 82,0667 pontos. A Colômbia foi, novamente, a segunda colocada, com 80,6000. Em terceiro lugar, ficou a equipe da Argentina, fechando as atividades com 77,0000 pontos.

Já a medalha de prata veio no dueto. A tricolor Luísa Borges e a parceira Maria Clara Coutinho, do Flamengo, garantiram o segundo lugar na competição após fechar a prova com 80,7965 pontos. As campeãs foram as colombianas Monica Arango e Estefania Alvarez. A dupla garantiu o título, com 80,9886. Em terceiro lugar ficou o duo chileno formado por Isidora Letelier e Bianca Consigliere. As meninas do Chile fizeram 76.1756 na competição.

Brasil e Colômbia se classificam para o Pan

Com o rendimento as meninas do Brasil lideraram o quatro geral de pontuação no nado artístico, com 161.6393 pontos. Em segundo lugar, ficou a Colômbia, com 159.0470. A Argentina fechou o Top 3, fazendo 151.4191. Os resultados garantiram as equipes brasileira e colombiana nos Jogos Pan-Americanos de 2019, em Lima-PER. País-sede, o Peru é fecha o grupo de sul-americanos classificados.