A vez delas: Flamengo cede cinco jogadoras para a Seleção

, Outros Esportes

Assim como outros clubes, Flamengo vem dando cada vez mais atenção ao futebol feminino. Por isso, o resultado surge quase de imediato. Na última quinta-feira, a CBF anunciou a lista de convocadas para um período de treinamentos em Itú, São Paulo, e nela estava cinco rubro-negras: Kemelli Trugilho e Stefane Pereira, goleiras, Rayanne Machado, lateral-direita, Ju Ferreira, meia-campista, e Dany Helena, atacante. Embora alguns nomes já não sejam mais novidade na Seleção Brasileira, Esporte 24 Horas vai te contar mais um pouco sobre cada prodígio do time carioca.

(Foto: Globoesporte.com)

Danny é a artilheiro rubro-negro na temporada (Foto: Divulgação | Flamengo)

Dany Helena

Estreante na Seleção, Dany Helena se destacou no Brasileirão Feminino e viu seu nome ser lembrado pela primeira vez na CBF. Principal destaque rubro-negro na temporada, Dany acumula disparadamente a artilharia do clube. Até o momento, a atleta já marcou 20 vezes só nessa temporada. Natural de Brasília, a atacante deu seus os primeiros passos no futsal. Mas, viu no futebol de campo seu sonho virar realidade. Hoje no Flamengo, Dany conta que foi surpreendida com a convocação.

“É o sonho de toda atleta chegar à seleção. Não estava esperando, fui pega de surpresa, até me assustei na hora em que fiquei sabendo. Mas fiquei muito feliz. Espero conseguir chegar lá, fazer meu melhor e ajudar. Está sendo um ano maravilhoso para mim. Tive a oportunidade de jogar e marcar meus gols”, se orgulha a atleta.

Ju Ferreira

Diferentemente da sua companheira, Ju Ferreira já está acostumada como ambiente da Seleção. Ao longo da temporada, a atleta participou de outras semanas de treinamento. Além disso, integrou o elenco brasileiro que disputou o Torneio das Nações. No Brasileirão, Ju foi titular absoluta em todos os jogos e marcou três gols. Logo após mais uma convocação a jogadora comemorou: “As expectativa são as melhores. Com certeza estarei à disposição caso o professor Vadão precise de mim. Estarei sempre buscando o melhor para causa uma boa impressão”.

Jogadoras durante período de treinos

Kemelli e Stefane foram juntas campeões do Sulamericano Sub-20 (Foto: Divulgação | CBF)

Kemelli Trugilho e Stefane Pereira

Tanto Kemeli, quanto Stefane já estão acostumadas com a camisa verde e amarela. A dupla já tem uma coleção de títulos pela Seleção na Sub-20. Agora, as atletas buscam a consagração na principal. Kemeli, por sua vez, esteve presente no Mundial Sub-20. Mas, ficou no banco durante toda competição. As goleiras chegaram juntas ao Flamengo, em março, e desde então alternavam na titularidade.

Rayanne Machado

(Foto: Facebook Flamengo)

Rayanne atuou no Torneio das Nações com a Seleção Brasileira (Foto: Facebook | Flamengo)

Assim como sua companheira, Rayanne Machado é outra que tem presença cativa na Seleção Brasileira. Convocada para o período de treinos, a lateral foi titular por duas oportunidades no Torneio das Nações, em 2018. Além disso, a atleta demonstra um estilo de jogo de muita força e velocidade. Ao saber da convocação, Rayanne projeta sua próxima experiência na seleção. “As expectativas são ótimas, temos uma seleção muito boa, com excelente jogadoras. Estou me sentindo muito realizada, pois é um sonho estar aqui vestindo a amarelinha com o principal”, comentou a lateral.

Portanto, as cinco convocações mostram que o talento feminino está presente no Flamengo. Agora, é hora das meninas mostrarem seu valor. Por isso, as jogadores terão de segunda-feira (22) até o dia 6 de novembro a oportunidade de convencerem Vadão a convocar-las para ocasiões futuras. Por outro lado, o quinteto desfalca o Flamengo nas partidas contra a Liga de Arraial do Cabo/ACCEL FC e LRD/Bonitão. Mas, ainda assim, o elenco rubro-negro já mostrou ter força suficiente para superar os desafios.

Dirigente quer mais destaque para o futebol feminino

Deixe uma resposta