Santos ganha reforço olímpico para o time de vôlei

, Outros Esportes

Recém-formado, o Santos Vôlei Praia Grande ganhou um reforço e tanto para o primeiro jogo oficial de sua história. Rodrigão, campeão olímpico em Atenas 2004, assumiu o comando da equipe, que estreia no dia 9 de novembro na Superliga C, torneio que vale vaga na divisão de acesso à elite do vôlei nacional.

Rodrigão não apenas vai comandar a equipe, como também atuará dentro de quadra. Mas isto não era a ideia inicial do do campeão.

“A comissão e os atletas são voluntários. A Prefeitura de Praia Grande disponibiliza a estrutura e paga as taxas da Federação Paulista de Vôlei, enquanto o Santos FC contribui com o material esportivo. Mas como não temos um patrocinador para contratar jogadores, resolvi ajudar em quadra também. Até mesmo para o time ter uma notoriedade e atrair mais parceiros”, disse Rodrigão ao site GloboEsporte.com.

A Superliga C vai começar no dia 9 de novembro. Serão sete equipes, que se dividirem em dois grupos. Um com três e outro com quatro times. O Santos, que fechou uma parceria com o Praia Grande, está no grupo B, que tem sede em São José dos Campos, juntamente com AIG-Nagumo “Corinthians”, São José Vôlei e Vôlei Potiguar-RN.

Já os jogos da outra chave serão disputados em Lavras-MG. Disputam o grupo A: Uberlândia/Gabarito/Start Química, AABB-RJ e o Lavras Vôlei.

Serão três dias seguidos de jogos para o Santos:

9/11 – Corinthians

10/11 – São José Vôlei

11/11 – Vôlei Potiguar

Carreira de Rodrigão

Seleção de vôlei que marcou história no Brasil (Foto: Divulgação/CBV)

Durante 14 anos, Rodrigão vestiu a camisa da seleção masculina. Revelado pelo Suzano, foi tricampeão mundial, campeão olímpico em Atenas e vice-campeão em Pequim e Londres. Venceu ainda os Jogos Pan-Americanos do Rio 2007, além de ter vencido seis vezes consecutivas o Sul-Americano com a Seleção.

Jogou ainda na Itália e na Turquia, antes de voltar ao SESI, quando, em 2012, deixou as quadras para atuar na areia.

Em 2018, concorreu ao cargo de deputado federal em São Paulo, mas não foi eleito.

Rodrigão não conseguiu se eleger Deputado Federal

Rodrigão foi candidato a Deputado Federal em 2018 (Foto: Reprodução | TRE)

Deixe uma resposta