Com Vinícius Jr e Paulinho, Seleção Sub-20 volta a enfrentar o Chile

Após empatar em 1 a 1 com o Chile no último sábado, a Seleção Brasileira Sub-20 volta a campo nesta segunda-feira, às 17h15 (de Brasília), contra o mesmo adversário, no Estádio Santa Laura, em Santiago. O badalado trio formado por Vinícius Júnior, do Real Madrid, Paulinho, do Bayer Leverkusen, e Rodrygo, do Santos, estará novamente em campo.

No primeiro duelo contra os chilenos, o atacante santista, já vendido ao Real Madrid, foi o autor do tento brasileiro. Vinícius Júnior, apesar do passe para o gol, desperdiçou um pênalti. Já Paulinho perdeu duas chances claras de balançar as redes.

Os amistosos contra o Chile visam a preparação para o Campeonato Sul-Americano Sub-20, que acontece no ano que vem, no país adversário. A competição será disputada em janeiro e vale quatro vagas para a Copa do Mundo da categoria, na Polônia, e três para os Jogos Pan-Americanos de 2019, em Lima, no Peru.

Paulinho durante treino da Seleção Brasileira Sub-20

Paulinho ainda busca seu espaço entre os titulares da Seleção Sub-20 (Foto: Divulgação | CBF)

Escalação

O técnico Carlos Amadeu deve mandar o Brasil a campo com a seguinte escalação: Hugo; Emerson Royal, Vitão, Walace e Luan Cândido; Luan Vinicius, Marcos Antônio e Mauro Júnior; Vinicius Junior, Rodrygo e Paulinho.

Luan Vinicius

Volante do São Paulo, Luan Vinicius, de 19 anos, foi o capitão da Seleção Brasileira Sub-20 no primeiro duelo contra o Chile. O atleta comentou sobre a oportunidade de usar a braçadeira e ser o líder da equipe dentro de campo.

“É a realização de um sonho. Eu converso com meus amigos que servir a Seleção Brasileira é um privilégio para poucos. Muitos queriam estar aqui, e eu consegui. Ainda mais você servir a Seleção Brasileira e usando a braçadeira de capitão. Então, é uma noite incrível, que eu vou levar para sempre na memória”, disse.

O atleta também falou sobre a partida do último sábado. O jogador destacou a oportunidade de atuar no país que sediará o Sul-Americano no ano que vem.

“O jogo foi muito importante. Mais uma fase de preparação para a gente. Estar no país que vai sediar o Sul-Americano. Então, ontem, arbitragem, torcida, deu para sentir mais ou menos como vai ser o clima na competição no ano que vem”, encerrou.

Gilmar Popoca se orgulha dos ‘Garotos do Ninho’

Deixe uma resposta