Soberano: Botafogo é hexacampeão de remo

O Botafogo conquistou, neste domingo (15), o inédito hexacampeonato carioca de remo. Soberano nas águas da Lagoa Rodrigo de Freitas, o Glorioso venceu seis provas e garantiu o título da quinta e última regata do campeonato. O maior rival, Flamengo, ficou na segunda posição. Com isso, o Botafogo se torna campeão de Terra e Mar (por vencer os estaduais de futebol e remo no mesmo ano) pela terceira vez na história.

A primeira vitória do dia veio no Four Skiff Jr. Os remadores Bruno, Jean, Santiago e João garantiram o título da primeira prova. Logo depois, os botafoguenses garantiram a vitória no Double Skiff Jr. Na prova seguinte, foi a vez das meninas vencerem a categoria.

Logo depois, a molecada do Botafogo garantiu o título estadual no Skiff Infantil, com a dupla Pedro Pereira e Pedro Henrique. Com a taça nas mãos, o Botafogo ainda garantiu a vitória, na categoria 4 com Aspirante e no Four Skiff feminino com Luana, Dayane, Nathália e Isabela.

Após título, treinador exalta superação

O Botafogo se tornou a maior potência do remo carioca na atualidade. Com seis títulos seguidos, o Glorioso chegou ao 10º na história. Agora, a equipe botafoguense vai em busca do pentacampeonato brasileiro no próximo fim de semana. O técnico da equipe, Alexandre Xoxô, exaltou a qualidade da equipe e a capacidade de recuperação após perdas importantes.

“Foi um campeonato muito difícil, mas conseguimos colocar em prática nossa superioridade. Trabalhamos demais, tivemos que superar a perda de atletas e conseguir gerir uma equipe muito grande também. Mas a diferença que abrimos na quarta regata foi essencial para esse hexa e nos apoiamos nela para administrar os resultados. Quero agradecer a dedicação de toda comissão técnica, dos nossos atletas e da diretoria. O Botafogo mostrou, mais uma vez, que domina nas águas”, afirmou Xoxô.

Depois de mais uma derrota, Flamengo foca no Brasileiro

Quem segue o calvário em águas cariocas é o Flamengo. Atual campeão brasileiro de barcos curtos, a equipe rubro-negra bateu na trave nos últimos seis campeonatos. Os vice-campeonatos seguidos incomodam o elenco, pois querem voltar a ter a hegemonia do remo no Rio. Maior campeão estadual, com 47 títulos, o Flamengo volta a carga para o Brasileirão de barcos longos.

Deixe uma resposta