Fluminense terá equipe feminina em 2019

O Fluminense terá futebol feminino a partir de 2019. O Tricolor das Laranjeiras acertou uma parceria com o Daminhas da Bola, equipe de Duque de Caxias. Com isso, a parceria Fluminense-Daminhas terá, não só um time profissional, como nas categorias sub-15 e 17 de futebol de campo. Além disso, a equipe tricolor também terá times sub-11, sub-13 e sub-15 de futsal feminino.

A parceria entre Fluminense e Daminhas da Bola surge graças à nova regulamentação da Conmebol. O órgão máximo do futebol sul-americano obriga equipes classificadas para a Libertadores e a Copa Sul-Americana masculinas a terem equipes femininas profissionais. O presidente tricolor, Pedro Abad, comemora  o acerto, mas afirma que o clube ainda busca ajustar a logística da parceria.

“Ainda estamos pensando os melhores formatos e a melhor logística para as Daminhas e o Fluminense. São muitos pontos de definição em aberto, então vamos planejar, dentro do tempo que temos, para fazer da melhor maneira. Estamos muito confiantes no futuro do futebol feminino no Fluminense”, afirmou Pedro Abad, presidente do Fluminense”, disse Pedro Abad.

Daminhas da Bola formam craques na Baixada

Jogadoras do Daminhas da Bola

Criado em 2011, o Daminhas da Bola revela jogadoras de futebol na Baixada Fluminense (Foto: Adriano Fontes|Daminhas da Bola)

Criado em 2011, pela ex-goleira do Fluminense, Thaissan Passos, o Daminhas da Bola foi criado com o intuito de dar oportunidades para jogadoras de 11 a 17 anos no futebol feminino. Em entrevista ao site do Fluminense, a fundadora do projeto comentou sobre a importância do Daminhas da Bola na formação de atletas e cidadãs.

“Mais do que formar atletas, o objetivo maior do projeto é dar oportunidades através do futebol. Não só na parte esportiva, mas também na educacional. Formar uma atleta de futebol, mulher de bem e consciente da sua importância na sociedade”, disse Thaissan.

Uma dessas atletas formadas pelo Daminhas da Bola é Tarciane Karen. Desde criança no projeto, a zagueira foi convocada para a Copa do Mundo Feminina Sub-17 deste ano. Para Thaissan Passos, a convocação de Tarciane é inspiradora para quem todas as jogadoras do, agora, Fluminense-Daminhas da Bola.

“Ter uma atleta na Seleção Brasileira sub-17 é um exemplo para as os outras meninas que sonham com este momento. Tarciane teve sua primeira convocação aos 14 anos, oriunda do futsal, hoje está em fase de treinamentos, se preparando para o Mundial no Uruguai”, concluiu Thaissan.

Calazans revela que pensou em encerrar a carreira

Deixe uma resposta