Globo adquire Copa América pagando 1/3 do Paulistão

, Copa América, Destaque

Ao adquirir os direitos de transmissão da Copa América, a TV Globo conseguiu pagar um preço bem menor do que paga por alguns Estaduais aqui do Brasil. A emissora carioca transmitirá o torneio, em sinal aberto e também em seu canal esportivo, o Sportv, pelo valor de R$ 51 milhões. Sem falar que não sofreu concorrência na época da negociação.

O contrato de R$ 102 milhões contempla as edições de 2015 e 2019, mais os torneios de base (sub-17 e sub-20). Como estratégia de negociação, a emissora conseguiu preferência na renovação de contrato. Com isso, poderá igualar a oferta de concorrentes. Para as próximas edições, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) só venderá suas competições através de licitações.

A conclusão pelo excelente negócio vem pela comparação com outros torneios transmitidos pela emissora. O valor de R$ 51 milhões por cada edição do torneio representa um terço do que foi pago pelo Campeonato Paulista, por exemplo. Um ano de contrato do Paulista vale R$ 160 milhões. Já o Campeonato Estadual do Rio tem valor de R$ 120 milhões.

O período das duas competições chama a atenção. O Paulista e o Carioca tem 18 datas em TV Aberta com quatro times grandes por quatro meses. A Copa América terá maior visibilidade concentrada com até seis jogos da seleção brasileira, com transmissão nacional, além de Messi e outros craques, por pouco menos de um mês.

O acordo engloba todos os direitos, incluindo internet, TV a cabo e aberta. O contrato da Globo é considerado abaixo do que vale o mercado dentro da Conmebol, que até pensa em negociar um aumento.

Nicolás Leóz participou da negociação do contrato de transmissão

Na época, o ex-presidente da Conmebol Nicolás Leóz, que está em prisão domiciliar no Paraguai por acusações de corrupção no caso Fifa, foi quem assinou o contrato.

Fora da Copa América, Brasília terá prejuízo de R$ 100 milhões

Deixe uma resposta