Zé Ricardo culpa falta de pontaria na derrota para o Bahia

, Botafogo

O técnico Zé Ricardo torceu o nariz para as chances desperdiçadas pelo Botafogo na derrota por 2 a 1 para o Bahia, nesta quinta-feira (20), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela Copa Sul-Americana. Segundo ele, faltou atenção na hora da finalização, o que não pode acontecer jogando na casa do adversário. O treinador lamentou o gol sofrido logo no início da partida.

“Isso atrapalhou um pouquinho a estratégia, demoramos a nos organizar no primeiro tempo. O Bahia teve outras chances, só voltamos ao jogo nos últimos 15, 10 minutos. No segundo tempo voltamos com outra postura, entendendo que era importantíssimo fazer um gol aqui. Felizmente marcamos esse gol”, comentou.

Zé Ricardo lembrou que o planejamento era levar a Sul-Americana em aberto para o Rio.

“Não vencemos, mas é um resultado que a gente pode reverter. Não vai ser fácil, mas com apoio do torcedor é possível. Criamos algumas oportunidades, sofremos o segundo gol quando estávamos com a posse de bola e demos um escanteio. O Bahia é forte nessa bola no primeiro pau. Mas faz parte, importante que fizemos um gol”, disse, aliviado.

Douglas, do Bahia, teve boa atuação contra o Botafogo

Douglas fechou o gol contra o Botafogo. Foto: (Divulgação | Bahia)

O técnico alvinegro elogiou a atuação do goleiro Douglas.

“Fez a diferença, mas entendemos que o Bahia é muito forte por isso um resultado que a gente não queria acabou acontecendo”, observou.

Time vira a chave

O Botafogo vira a chave e enfrenta o Vitória, pelo Campeonato Brasileiro, no sábado, em Salvador. A delegação alvinegra só retorna ao Rio no domingo.

“Estamos preparados para competir de igual em todas as competições. Agora vamos pensar no Vitória, que merece toda a atenção e cuidado possível de nossa parte, mas alimentando a esperança de passar para as quartas de finais da Sul-Americana. Vamos descansar amanhã para entrar com tudo no sábado”, disse, o treinador.

Zé Ricardo não se preocupa com a semana de descanso do Vitória.

“Faz parte do futebol. O Vitória não jogou no meio de semana, teoricamente vai vir com vantagem física. Com certeza vamos ser consistentes como fizemos no segundo tempo”, promete.

Promessa do Botafogo busca evoluir na França

Deixe uma resposta