Tite convoca Seleção com 13 que estiveram na Copa e novidades

Nesta sexta-feira, Tite realizou sua segunda convocação para a Seleção Brasileira após a Copa do Mundo. A lista é válida para os amistosos contra Arábia Saudita e Argentina, nos dias 12 e 16 de outubro. A equipe fará treinos nos dias 8, 9 e 10 de outubro, em Londres, no CT do Tottenham. Depois, seguirá para Riad. O horário dos jogos, antes anunciado às 14h45, foi alterado para 15h (de Brasília). Dissica, da Federação Amazonense de Futebol, será o chefe da delegação.

Em relação aos chamados para as partidas contra Estados Unidos e El Salvador, são nove mudanças. Retornam à equipe Ederson, Danilo, Marcelo, Miranda e Gabriel Jesus. As novidades são Felipe (goleiro do sub-20 do Grêmio), Pablo (Bordeaux), Wallace (Hannover 96) e Malcom. A CBF já havia anunciado que jogadores dos clubes envolvidos com a Copa do Brasil não seriam convocados. Tite falou sobre o assunto.

“Equalizar tudo isso é muito difícil. Sempre tento me colocar do outro lado. Do atleta, do técnico. É ter bom senso. Não para ser bonzinho com ninguém, mas para arcar com responsabilidades. Seguramente teria Dedé e Paquetá, coerentemente teria. Assim como atletas do Palmeiras e do Corinthians. Queremos harmonizar sem prejuízo à Seleção.”

Jogos contra adversários fracos

Dos dois amistosos que já aconteceram e dos dois que irão acontecer após a Copa do Mundo, três deles são contra adversários considerados fracos (Estados Unidos, El Salvador e Arábia Saudita). Edu Gaspar, coordenador técnico da Seleção Brasileira, explicou o motivo.

“Para que as pessoas entendam bem, todas as negociações dos jogos amistosos são feitos na fase pré-Copa. Há uma complexidade muito grande, porque as seleções não sabem em qual posição vão estar. Existem cuidados específicos para fazer isso. O objetivo era fazer os amistosos de maneira gradativa no nível de competitividade. Tanto que agora vamos enfrentar a Argentina, a outra também foi uma equipe que esteve na Copa. A ideia dos europeu continua, assim como nossa ideia de aumentar gradativamente o nível. Fica mais viável encarar um europeu em março do que em novembro.”

Confia abaixo a lista completa de Tite

Goleiros: Alisson (Liverpool), Phelipe (Grêmio) e Ederson (Manchester City)
Laterais: Alex Sandro (Juventus), Danilo (Manchester City), Éder Militão (Porto), Fabinho (Liverpool)
Zagueiros: Marquinhos (PSG), Marcelo (Real Madrid), Miranda (Inter de Milão) e Pablo (Bordeaux)
Meias: Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fred (Manchester United), Philppe Coutinho (Barcelona), Wallace (Hannover) e Renato Augusto (Beijing Guoan)
Atacantes: Everton (Grêmio), Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Malcom (Barcelona), Neymar (PSG) e Richarlison (Everton)

Em rede social, Malcom comemora primeira convocação

Deixe uma resposta